quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Combinação poderosa: frutas secas e castanhas

Da redação

Para quem busca mais saúde por meio da alimentação, a dica é consumir frutas, sementes e castanhas. Estes ingredientes naturais estão cada vez mais presentes na rotina dos brasileiros. Podem ser consumidos isoladamente, compostos em um mix ou até em receitas e saladas. O que muitos não sabem é que os benefícios podem ser ainda mais poderosos se eles forem consumidos de forma combinada no dia a dia, de acordo com a nutricionista Klara Rahmann, consultora da EnovaFoods. 

As oleaginosas – castanhas, nozes, amêndoas, amendoim e entre outras – fornecem um balanço de gorduras boas e proteínas essenciais ao organismo | Foto: divulgação
"Cada um desses ingredientes tem nutrientes específicos, que quando combinados, fornecem uma gama mais ampla de benefícios ao corpo, devido a composição mais completa em macronutrientes - proteínas, carboidratos e gorduras boas – e micronutrientes – vitaminas, minerais e agentes naturais antioxidantes e antiinflamatórios - agregando assim, maior valor nutricional, além de aumentarem a sensação de saciedade", explica Klara.

Além disso, as oleaginosas – castanhas, nozes, amêndoas, amendoim e entre outras – fornecem um balanço de gorduras boas e proteínas essenciais ao organismo. Já as frutas secas, devido ao processo de desidratação, concentram o açúcar natural e são carregadas de micronutrientes (vitaminas e minerais), fibras e antioxidantes. "Os nutrientes das frutas secas são melhores aproveitados pelo organismo a partir da combinação com nuts e sementes", reforça a nutricionista. 

Conheça alguns dos benefícios dessas combinações:

1. Trazem saciedade
As castanhas são ricas em fibras, gorduras boas e possuem alto teor proteico, fazendo com que aumente o estímulo da saciedade. Essa composição de nutrientes provenientes das nuts, por exemplo, ajudam a controlar a velocidade da absorção do açúcar no sangue, o que também reforça o prolongamento da sensação de saciedade.

2. Ricas em fibras, vitaminas e minerais
As frutas secas contêm muitas fibras e fornecem ao organismo minerais, vitaminas e fitonutrientes essenciais, que tem ação antioxidante e anti-inflamatória e estão altamente associados à prevenção de doenças cardiovasculares, câncer, osteoporose, diabetes e doenças cérebro-degenerativas. Durante o processo de extração da água nas frutas, os microelementos se concentram do interior para fora, o que aumenta a densidade das vitaminas e minerais nas frutas secas.

As nozes também possuem o seu conteúdo próprio de nutrientes essenciais, de forma que quando consumidas com moderação, oferecem uma boa dose de vitaminas do complexo B, vitaminas C e E, cálcio, ferro, zinco, selênio e demais compostos naturalmente antioxidantes

3. Fonte de energia imediata: mais disposição
As oleaginosas são boas fontes de proteína vegetal e gorduras monoinsaturadas. Por conterem magnésio, cobre e selênio, que ajudam a diminuir o estresse, também melhoram a memória e a produção de energia. A semente de abóbora, por exemplo, possui triptofano, um aminoácido que pode ajudar a regular o sono.

4. Doce saudável
Por causa do processo de desidratação, as frutas secas acabam concentrando mais nutrientes, como minerais e vitaminas. Além disso, concentram também açúcares naturais da própria fruta, o que faz ampliar o paladar mais doce.  Ou seja, elas podem ser boas opções de sobremesa ao mesmo tempo em que trazem valor nutricional.

Novembro Azul vai além da prevenção do câncer

Da redação

Aquela preocupação típica e precoce das mulheres no cuidado com a saúde, nem sempre é a mesma dos homens, talvez, por uma questão, mas muitos médicos e profissionais da Saúde tentam mudar esta realidade, por meio de campanhas como, por exemplo, a "Novembro Azul".  De acordo com a médica oncologista Grazielle Cristina Felippe, a ideia é ir além do trabalho de orientação sobre o câncer de próstata. 

Em caso de histórico de câncer de próstata na família, ou mutações genéticas, ida ao urologista deve ser por volta dos 35 anos, afirma a oncologista Grazielle | Foto: divulgação
"Na verdade, o Novembro Azul segue mais ou menos o princípio do Outubro Rosa. Ele é um momento em que a gente chama a atenção das pessoas para cuidarem de si mesma. Eu não estou dizendo pra você que é preciso um cuidado apenas com câncer de próstata, eu estou pedindo para que você olhe para você e cuide de você", destaca.  

Ainda segundo a oncologista da Clínica Neoplasias, em Itajaí, esta é uma oportunidade para tentar fazer com que os homens reflitam sobre a importância de cuidar da saúde, já que existe um envolvimento coletivo e uma abordagem de campanhas na mídia, médicos, enfermeiros e especialistas.

Nestas abordagens, os médicos conseguem realizar também um trabalho de desmistificação dos mitos que cercam o exame de próstata e as possibilidades de tratamento em um diagnóstico precoce.  "Em alguns casos você pode inclusive não tratar. Você pode observar e indicar o tratamento quando for efetivamente necessário. Em um dos protocolos que temos aqui na Clínica existem pacientes nesta situação. Nós estamos observando, cuidando deles para evitar os efeitos colaterais. Mas isso só é possível, por causa do diagnóstico feito em uma fase precoce", afirma a médica.

Já sobre os temidos mitos, os médicos aproveitam o mês de novembro para negar que a vasectomia aumenta o risco de câncer de próstata, reforçar que o exame de toque é indolor ou que o tratamento deixa o paciente impotente. Mitos que devem ser deixados de lado quando o assunto é a qualidade de vida e a saúde dos homens. Por causa dos receios, existe um alto índice de diagnóstico tardio, principalmente na população mais carente, onde os efeitos colaterais são maiores.

A orientação da oncologista para reverter os índices gira em torno do conhecimento que o homem deve ter do seu corpo e organismo. Se o jato de urina está mais fraco, se existe alteração no aparelho urinário, sensação de peso na pelve é preciso procurar um urologista. Além destes sintomas, histórico familiar deve ser levado em conta. "A partir dos 50 anos o homem deve procurar um urologista e se existe um histórico de câncer de próstata na família, ou casos de mutações genéticas, esse homem deve antecipar a consulta, já por volta dos 35 anos", finaliza a médica.

Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), neste ano devem ser registrados 61,2 mil novos casos de câncer de próstata no Brasil. Dados do Ministério da Saúde indicam que 14.484 homens morreram em decorrência da doença no país em 2015. No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não melanoma.



terça-feira, 21 de novembro de 2017

Não utilizar fio dental pode causar diversos danos à saúde

Da redação

É comum as pessoas escovarem os dentes após as principais refeições. Entretanto, na hora de passar o fio dental, muitos “se esquecem”. O que muita gente não sabe é que o mau hábito de negligencia-lo pode trazer muitos danos, tanto à saúde bucal quanto à do organismo de forma geral e, assim,  pode ser um fator de risco para o Acidente Vascular Cerebral (AVC) e o infarto do miocárdio, de acordo com o especialista em implantodontia e odontologia estética, Paulo Coelho Andrade. 

Apenas 57% dos brasileiros utilizam o fio dental diariamente, segundo pesquisa realizada pelo Datafolha | Foto: divulgação 
“O ideal é utilizar o fio dental após as refeições e, principalmente, antes de dormir, pois as horas ininterruptas de boca fechada contribuem para a proliferação de bactérias. Se há restos de comida entre os dentes, a situação só piora, podendo ocasionar doenças da gengiva, como gengivite que, em seu estado mais avançado, é denominada doença periodontal”, explica Andrade. 

De acordo com pesquisa realizada pelo Datafolha, 57% dos brasileiros utilizam o fio dental diariamente e, apenas 30% o utilizam mais de uma vez por dia

A gengivite é caracterizada pelo sangramento da gengiva e, em alguns casos, um leve mau hálito. Já na doença periodontal, a halitose fica mais acentuada e pode haver até mobilidade dental, ocasionando, inclusive, a perda de dentes. “O problema, se não tratado em tempo hábil, costuma comprometer até os ossos que funcionam como base de sustentação para os dentes”, esclarece.

O dentista explica que, como as doenças são inflamatórias e caracterizadas pelo sangramento da gengiva, há grande risco de bactérias caírem na corrente sanguínea e se alojarem em artérias cerebrais ou coronárias, ocasionando a interrupção ou mau funcionamento da nutrição para o cérebro e coração, respectivamente. Além destes problemas, pode-se desenvolver uma doença chamada endocardite bacteriana – doença coronária grave – ou até septicemia, levando o paciente à morte.

Os problemas têm tratamento e, principalmente, prevenção. Uma boa higiene bucal aliada a visitas periódicas ao dentista – de 6 em 6 meses – asseguram a saúde oral. “Antes de escovar os dentes é necessário o uso do fio dental. O hábito deve ser criado desde a infância, com os dentes de leite. O fio deve ser passado em todos os sulcos gengivais, até o último dente. Para cada um, deve ser utilizada uma parte nova do fio”.

Na hora da escovação, o dentista indica escovas de cerdas macias. “Existem várias técnicas de escovação, que são indicadas de acordo com cada paciente. É de suma importância que todas as superfícies dos dentes sejam escovadas. Escovar os dentes com muita força pode causar retração gengival e consequente sensibilidade dentária. O ideal é ficar atento às orientações do seu dentista”, finaliza Andrade.



Mais de 60% dos jovens afirmam que a vida seria "extremamente difícil" sem smartphones

Da redação

Uma pesquisa global da CommScope - divulgada recentemente -  mostra que a Geração Z é a mais próxima e dependente de tecnologia da história. O estudo - que envolveu 4.003 usuários de tecnologia avançados de 13 a 22 anos, de oito grandes cidades do mundo – revelou que 63% deles afirmam que seria extremamente difícil viver sem o próprio smartphone. Além disso, a pesquisa detectou os pontos citados a seguir: 

Os usuários mais frequentes verificam seus smartphones mais de 30 vezes por hora | Foto: Freepik


  • Quase dois terços sentem que a "era da privacidade acabou" e que nada que eles fazem online é privado, embora a maioria tente proteger sua privacidade pessoal a todo o custo.
  • A carreira que eles mais desejam é de YouTuber famoso, seguido de desenvolvedor de software de ponta e celebridade do Twitter com mais de um milhão de seguidores.
  • Os usuários mais frequentes verificam seus smartphones mais de 30 vezes por hora.
  • A Geração Z cria cada vez mais conteúdo e compartilha livremente usando seus dispositivos conectados em rede.
  • Mais de 50% deles dizem que o acesso à internet (ou a falta dele) afeta com quem eles socializam e 49% deles afirmam que seus contatos influenciam os produtos que eles compram.
  • A Geração Z é muito mais feliz com os próprios smartphones do que com os provedores de serviços.
  • Mais de 60% dos entrevistados estão insatisfeitos com a conexão móvel à internet e consideram a conectividade essencial para seus estilos de vida.

A vice-presidente sênior de Marketing Global da CommScope, Fiona Nolan, ressalta que:  "Em média, os ávidos por tecnologia verificam seus dispositivos a cada três minutos e isso deve guiar o modo como vivemos, trabalhamos e nos divertimos no futuro". Além disso, ela afirma que "essas  atitudes e uso de tecnologia terão um grande impacto na sociedade, preparando o caminho para mudanças sociais, políticas e tecnológicas significativas". 

Os detalhes da pesquisa e as entrevistas realizadas pessoalmente estão disponíveis no portal www.commscope.com/insights, e mostraram três resultados importantes em termos de como essa faixa etária se relaciona com a tecnologia que eles usam e da qual eles dependem:

Tempo – A Geração Z vê o tempo como uma moeda, usando seus dispositivos conectados para gastar, economizar e perder tempo. Como a geração está sempre conectada, a tecnologia funciona como uma extensão da sua própria identidade. Essa identidade é exibida por meio dos aplicativos onde eles gastam mais tempo: YouTube, WhatsApp, Facebook e Instagram.

Lugar – Usando seus dispositivos conectados, a Geração Z existe em um mundo virtualizado onde a expressão, a intensificação e o entretenimento dominam. O smartphone é seu centro social e o epicentro de como eles realizam suas vidas, e eles se sentem seguros neste mundo de compartilhamento de conteúdo altamente conectado. Como estão hiperconectados, não é surpresa que 63% deles afirmem que seria extremamente difícil viver sem o seu smartphone.

Atitude – Inteligente, de opinião formada e engajada, a Geração Z encontra a realização em seus dispositivos. Seus smartphones os fazem sentir seguros, e eles cada vez mais criam rituais e hábitos relacionados ao uso de seus dispositivos. A tecnologia faz parte da sua própria identidade e está entrelaçada à sua rotina. A priorização da vida útil mais longa da bateria, de memória/armazenamento maior e velocidade de internet mais rápida são os pontos de destaque da sua relação obsessiva com seus dispositivos.

"Estamos empenhados em buscar continuamente conhecimentos para entender as necessidades dos usuários do futuro e ajudar a moldar as redes do futuro. Esta pesquisa identifica oportunidades para provedores de serviços, fabricantes de smartphones e empresas para manter a fidelidade desta geração, pois eles buscam conectividade de rede mais rápida, confiável e onipresente", afirma Nolan. 

A gerente de marketing da Commscope, Adriana Justi Antonelli, para as regiões do Caribe e América Latina, destaca a importância de acompanhar o hábito da geração Y. "A CommScope, como líder em infraestrutura de redes, ajuda as empresas no design, construção e administração de suas redes cabeadas e wireless em todo o mundo. Para isso, é importante acompanhar a evolução dos hábitos de consumo das próximas gerações e ajudar nossos clientes a prepararem suas redes para expansões futuras.


Sobre a pesquisa
A CommScope, em parceria com uma empresa independente de pesquisa de mercado, realizou pesquisas no em 2017 com 4.003 entrevistados entre 13 e 22 anos em oito mercados globais, incluindo Nova York, Buenos Aires, Londres, Berlim, Bangalore, Hong Kong, Seul e Tóquio. Os participantes se identificaram como usuários frequentes de smartphones, verificando seus dispositivos pelo menos cinco vezes por hora, e concordaram que estão entre os primeiros no grupo de amigos a obter a tecnologia mais recente.



Terceira idade no Brasil e a falta de atividade física

Da redação

*Cristiano Parente

Uma recente pesquisa realizada pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em parceria com o laboratório Apsen, revelou que 79% dos brasileiros não percebe a perda muscular com o avançar da idade. O processo, conhecido como sarcopenia, provoca perda de massa e de força, debilitando os membros, o que traz como sequela a dependência dos idosos.

O alto índice revelado pelo levantamento nos mostra um cenário preocupante, agravado pelo crescimento da população acima da faixa dos 50 anos. Hoje, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o país tem mais de 36 milhões de pessoas na faixa entre 50 e 79 anos.

O mesmo instituto já havia divulgado outra pesquisa onde estima que em 2030, o número absoluto e o porcentual de brasileiros com 60 anos ou mais superará o número de crianças até 14 anos. Serão 41,5 milhões de idosos, o que representará 18% da população, ante 39,2 milhões de crianças, que representarão 17,6% do total de brasileiros.

Diante dessas pesquisas e estimativas, faz-se urgente repensar a forma com que levamos a vida, bem como estamos nos cuidando para não simplesmente viver, mas, viver com qualidade. É aí que entra a importância de se levar uma vida ativa.

A prática regular de atividade física, que para idosos tempos atrás era iniciada apenas por recomendação médica, deve-se cada vez mais fazer parte de um estilo de vida. Há uma grande razão para isso. A relação entre exercício físico e qualidade de vida é total.

Com o passar dos anos, o metabolismo basal, que é a quantidade de energia que nosso corpo precisa diariamente para sobreviver, diminui. O organismo passa a funcionar mais lentamente e de modo menos eficiente. Músculos, que são a principal fonte consumidora de energia no corpo, também reduzem de tamanho e, dessa forma, também se reduz o consumo energético.

Esse processo leva a uma tendência natural de acúmulo de gordura no corpo, que a cada ano precisa de menos energia, mas que dificilmente é acompanhada pela diminuição da ingestão de calorias na alimentação.

Para manter o metabolismo basal elevado, o trabalho de fortalecimento muscular é essencial. Ele mantém os músculos com maior volume e ativos, dá mais sustentação à estrutura óssea, evita seu desgaste e auxilia de modo mais eficiente a locomoção, o equilíbrio e as atividades da vida diária em geral.

Esse trabalho de fortalecimento pode ser realizado de diversas formas. Exercitar-se contra uma resistência é o caminho mais eficiente. Exercícios com pesos, como na musculação, com resistência de molas, como acontece no pilates, ou mesmo com resistência do peso corporal são igualmente eficazes, desde que os músculos sejam demandados um esforço ao qual a pessoa não esteja acostumada no dia a dia.

O fundamental é que cada um escolha a forma mais prazerosa de cuidar dos músculos e, diretamente, de sua saúde. Se é fato o envelhecimento, que ele então aconteça da forma mais saudável possível, sem que impacte em nossa independência.

*Cristiano Parente é professor e coach de educação física, eleito em 2014 o melhor personal trainer do mundo em concurso internacional promovido pela Life Fitness. É CEO da Koatch Academia, do World Top Trainers Certification, primeira certificação mundial para a atividade de educador físico.



O sol forte e calor na...

Da Redação

Uma das cenas que mais marcantes do cinema é da atriz Marilyn Monroe em O pecado Mora ao lado, quando ela se delicia com o vento que sai de um duto do metrô de Manhattan e levanta o vestido branco eternizado.

Trinta anos depois, a atriz Kelly LeBrock, em a Dama de Vermelho, também aproveitou o vento que entrava por baixo do lindo vestido vermelho. Que mulher não deu uma sacudida na saia num dia de forte calor?

O forte calor aumenta a temperatura do órgão genital feminino que é a região mais quente do corpo e provoca suor e odor. Segundo a Dra. Marisa Patriarca ginecologista e professora da pós-graduação da UNIFESP, é também nessa época que a mulher deve ter mais atenção com higiene e cuidados com a saúde íntima. 

As praias e as piscinas ficam mais cheias e que delícia ficar com o biquini molhado. Segundo a Dra Marisa Patriarca, isso é um perigo à saúde genital feminina porque a calcinha molhada é um local propício a proliferação de leveduras, como a candidíase, que podem determinar corrimento e coceiras.

A vagina é um local naturalmente quente e úmido do corpo, assim, quando a temperatura e umidade aumentam são fatores que influenciam no aparecimento de infecções constantes.

O corpo funciona em equilíbrio, e na vagina não é diferente. Aliás, a região vulvovaginal é uma das regiões do corpo mais propensas a desequilíbrios, que causam desconforto e coceira. 

Dicas 

1. Atente-se ao tempo utilizando o mesmo biquíni molhado. Quanto mais exposta à umidade excessiva, mais a vagina está propensa a proliferação dos fungos. O uso de secador nas roupas de banho úmidas é uma ótima opção.

2. Prefira o uso de calcinhas de algodão, elas permitem maior fluxo de transpiração. As calcinhas de lycra dificultam a troca de umidade e devem ser evitadas. Procure dormir sem calcinha para diminuir a proliferação de bactérias que não gostam de oxigênio.

3. Fique atenta quanto ao uso de sabonetes íntimos. Muitas mulheres se dão bem, para outras, o sabonete íntimo não funciona bem e pode agravar o caso. De qualquer forma, seu uso excessivo pode alterar o pH vaginal e a barreira cutânea da genitália externa. Nessas situações, dê preferência aos sabonetes neutros, de glicerina.

4. A depilação da zona genital está liberada, mas preste atenção aos limites do seu corpo. A sensibilidade cutânea é diferente em cada mulher, não há regras, o importante é não se expor à riscos. Fique atenta a higiêne do local onde você realiza depilação com cera e não faça se a cera é reutilizável que pode levar a contaminação.

5. Coceiras, corrimento e odor desagradável, diferente do habitual, podem indicar alteração da flora vaginal e o exame e as orientações do ginecologista nortearão o tratamento ideal para cada mulher.

E, se depois desses cuidados, o calor pertubar, Dra. Marisa aconselha as mulheres “sacuda a saia com vontade e deixe o ventinho arejar”.



segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Vert Hotéis: treze destinos para o próximo verão

A rede hoteleira Vert Hotéis oferece um leque de opções para os viajantes que já estão se programando para o verão. Pode ser tanto na região sudeste, nordeste, norte ou até mesmo na Argentina. Com vinte hotéis espalhados por todo o Brasil em doze destinos diferentes e onze opções de hospedagem da AADESA na Argentina - seja na capital ou pertinho da Patagônia - a rede está preparada para atender a todos os tipos de turistas.

Negócios e lazer são mais agradáveis na rede Vert. 

São Paulo – SP
 
A famosa terra da garoa é o principal centro financeiro e corporativo da América Latina e a sétima cidade mais populosa do mundo. Os mais visitados monumentos, parques e museus do país estão concentrados na capital do estado. O Memorial da América Latina, o Museu do Ipiranga, o MASP, o Parque do Ibirapuera, o Jardim Botânico de São Paulo e a Avenida Paulista, assim como grandes eventos, como a Bienal Internacional de Arte, o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, a São Paulo Fashion Week e a Parada do orgulho LGBT são os maiores atrativos turísticos da cidade. 
Onde se hospedar: Ramada Suítes São Paulo Itaim Bibi e Ramada Encore São Paulo Tiradentes

Campinas – SP 
No interior de São Paulo, foi considerada pelo índice baseado nos dados do Censo 2010 do IBGE como o quinto lugar entre as 100 Melhores e Maiores Cidades Brasileiras. A cidade é responsável por aproximadamente 15% de toda a produção científica do país, além de ser um polo de referência industrial e comercial. 
Onde se hospedar: Ramada Hotel Aeroporto Viracopos

Osasco – SP 
Situado na zona oeste da região metropolitana da capital paulista, Osasco possui uma localização privilegiada, em meio às principais rodovias, marginais e rodoanel. A cidade que carrega o apelido de “cidade-trabalho”, aposta no turismo de negócios e ostenta a alta infraestrutura hoteleira, gastronômica e cultural. Além disso, também oferece várias opções de lazer nos grandes centros comerciais, parques ecológicos, praças, museus, teatros e casas culturais que retratam suas origens e o desenvolvimento de sua história, que começou no século XIX com a imigração italiana. 
Onde se hospedar: Ramada Encore Osasco

Belo Horizonte – MG 
Considerada como a capital dos botecos, Belo Horizonte já foi indicada como metrópole com melhor qualidade de vida na América Latina pelo Population Criss Commitee da Onu, e exerce influência nacional e internacional dos pontos de vista cultural, econômico e político. Monumentos, parques, museus, bairros, como a Savassi, Festival Internacional de Teatro, Palco e Rua, Festival Internacional de Curtas e Encontro Internacional de Literaturas em Língua Portuguesa. 
Onde se hospedar: eSuites Sion – Savassi, eSuites Savassi Toscanini, eSuites Luxemburgo, Ramada Encore Minascasa e Ramada Encore Luxemburgo.

Lagoa Santa – MG 
O nome tem origem no valor curativo de suas águas. Felipe Rodrigues, tropeiro viajante e fundador da cidade, sentiu o efeito benéfico destas águas ao obter a cicatrização de suas férias da perna quando as lavou na lagoa. A cidade está a 35 quilômetros de BH e faz parte do Circuito das Grutas, um roteiro turístico de Minas Gerias. 
Onde se hospedar: Ramada Airport Hotel Lagoa Santa e eSuites Spa Lagoa Santa

Rio de Janeiro – RJ
O Rio é o maior destino turístico internacional do Brasil, da América Latina e do Hemisfério Sul, e também conhecido por suas praias famosas e agitadas. Em 2012, parte da capital do estado foi designada pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade. Internacionalmente, a cidade do Rio de Janeiro é o município brasileiro mais conhecido e abriga os principais centros econômicos, financeiros e culturais do país, como Cristo Redentor no Morro do Corcovado, os Arcos da Lapa, o Pão de Açúcar, o Estádio do Maracanã e o Theatro Municipal. 
Onde se hospedar: Ramada Encore Rio de Janeiro Ribalta e Ramada Hotel Rio de Janeiro Recreio Shopping.

Macaé – RJ 
Macaé é um município do estado do Rio de Janeiro também conhecido como “Princesinha do Atlântico” e “Capital Nacional do Petróleo”, com 23 quilômetros de litoral. Nos últimos anos, foi a cidade que mais se desenvolveu cultural e economicamente no estado. Sua prefeitura municipal foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer e toda a cidade atrai a atenção dos visitantes, tanto por suas belas praias e histórico cultural quanto por receber renomados eventos nacionais e internacionais. 
Onde se hospedar: Ramada Plaza Macaé

Campos dos Goytacazes – RJ 
Campos dos Goytacazes é a cidade mais populosa do interior do RJ. Possui diversos atrativos naturais, com fauna e flora diversificada, resultado de criação do município ao longo do Rio Paraíba do Sul.
Onde se hospedar: Ramada Hotel & Suites Campos dos Goytacazes

Natal – RN 
A capital do Rio Grande do Norte, Natal, está localizada no Nordeste do país e é conhecida internacionalmente por sua cultura e pontos turísticos, incluindo monumentos, parques, museus, teatros e obras arquitetônicas. 
Onde se hospedar: eSuites Vila do Mar

Recife – PE 
A cidade surgiu no período colonial e é também a capital do estado de Pernambuco. Sua efervescência cultural e seus famosos conjuntos arquitetônicos são atrativos turísticos que conquistam a atenção dos visitantes. Além disso, Recife tem uma grande vocação comercial e é capital nordestina com melhor índice de Desenvolvimento Urbano. 
Onde se hospedar: Ramada Hotel & Suites Recife Boa Viagem

Linhares – ES 
Município do Espírito Santo banhado pelo Oceano Atlântico. Atualmente, é a principal cidade do norte capixaba, com alto índice de desenvolvimento e um dos melhores destinos para investimentos financeiros. 
Onde se hospedar: Days Inn Linhares Hotel

Parauapebas – PA 
Um dos municípios que mais tem se desenvolvido no Pará, abriga florestas, rios, serras e jazidas minerais, ricas em minério de ferro, cobre, ouro e manganês. A cidade possui uma ótima infraestrutura de acesso e transporte como aeroporto, rodovias e ferrovia. Encravada aos pés da Serra dos Carajás, Parauapebas é colorida por milhares de ipês que contornam avenidas, praças e parques. O destino é uma ótima opção para férias em família. 
Onde se hospedar: eSuites Parauapebas Vale dos Carajás

Argentina – AR 
Já pensou em visitar um outro país de carro? Pois saiba que com um pouco de paciência é possível fazer isso. Por lá você encontrará boa comida, muita música e lindas paisagens. Cheio de belezas e lugares fantásticos, você pode escolher entre a capital, Buenos Aires, ou então Bariloche, Mendoza, El Calafate, Villa La Angostura, El Chaltén, Saltos del Moconá e Puerto Iguazú.


Onde se hospedar: CH Madero Urbano Suites, Wyndham Nordelta, Cyan Americas Towers Hotel, Cyan Hotel de Las Americas, Cyan Recoleta Hotel, Cyan Recoleta Suites, Cyan Caladate Hotel, Don el Faro Boutique Hotel & SPA, Don Los Cerros Boutique Hotel & SPA, Don Moconá Virgin Lodge e La Cantera Jungle Lodge


Combinação poderosa: frutas secas e castanhas

Da redação Para quem busca mais saúde por meio da alimentação, a dica é consumir frutas, sementes e castanhas. Estes ingredientes natur...