terça-feira, 17 de setembro de 2019

Setembro Vermelho: alerta para os perigos das doenças cardíacas em cães

Redação

Com o objetivo de informar os tutores e médicos veterinários sobre os sintomas, métodos de prevenção e tratamento das doenças cardíacas que acometem cães de diversas idades, portes e raças, a campanha Setembro Vermelho, idealizada pela Elanco Saúde Animal, busca conscientizar sobre a importância de se fazer exames regulares e manter um acompanhamento veterinário especializado.

Para garantir a saúde do pet, é importante realizar check-ups periódicos com o veterinário | Foto: reprodução

As doenças cardíacas têm se tornado cada vez mais comuns, com o aumento da expectativa de vida dos cães. No entanto, a detecção precoce e um tratamento adequado podem garantir uma vida mais longa, saudável e feliz aos animais. De acordo com a médica veterinária e presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia Veterinária (SBCV), Lilian Caram Petrus, as principais enfermidades identificadas nos consultórios, responsáveis por boa parte dos casos de insuficiência cardíaca em cães, são a doença mixomatosa e a cardiomiopatia dilatada - esta última com uma menor frequência.

Então, a especialista explica que mudanças repentinas de comportamento dos cães, como intolerância aos exercícios, cansaço, tosse, falta de ar e desmaio, podem indicar algum tipo de problema. "Nesses casos, a tosse parece um engasgo e a falta de ar pode ser identificada por uma respiração mais ofegante, principalmente em repouso. O tutor percebe que o cão está desconfortável", afirma a veterinária.

Idade, porte e raça
Embora os cães idosos e de pequeno porte sejam mais propensos, a doença cardíaca também pode afetar cães de médio e grande porte. O risco aumenta a partir dos cinco anos de idade e a frequência cresce conforme a idade avança. Por isso, realizar check-ups periódicos com o veterinário é imprescindível.

Segundo Lilian, a mixomatosa é de progressão lenta e começa em cães, em geral, de meia idade. "Muitas vezes esses pacientes se tornam sintomáticos só depois dos 10 anos de idade, na maioria das vezes em raças definidas como o Poodle, o Maltês, Lhasa Apso, Yorkshire Terrier e Shih Tzu, isso devido ao caráter hereditário da patologia. Já no caso da cardiomiopatia dilatada, a veterinária destaca que a doença acomete também cães de médio e grande porte, principalmente machos da raça Cocker Spaniel.

Tratamento e rotina
Se for constatado sopro ou qualquer anomalia no coração do animal, ele precisará de exames mais detalhados. O tratamento precoce é essencial, pois uma eventual progressão pode trazer complicações que podem se tornar fatais.

Em relação ao tratamento, a presidente SBCV afirma que o ativo pimobendana é um dos medicamentos mais utilizados no tratamento desses cães, além de diuréticos e vasodilatadores, dependendo dos sintomas apresentados pelo animal.

A especialista destaca ainda a importância de o tutor evitar mudar a rotina desses pacientes, mas respeitando sempre seus limites. "O cão também não pode perder peso. Mesmo com a indicação de se reduzir a quantidade de sal da dieta, o que é comum em cães cardiopatas, é preciso que ela seja palatável para ele se manter alimentado e interessado em comer", finaliza a especialista.

Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura arrecada livros infantis e brinquedos

Redação

O Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC) da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), entidade centenária com importante história de atuação no comércio da maior cidade do País, lança a partir deste mês a campanha do Dia das Crianças, intitulada “Hora de Doar, muita história para contar”.

As doações podem ser feitas até 11 de outubro no o prédio da ACSP no Centro de São Paulo (Rua Boa Vista, 51) | Imagem: reprodução

Assim, o incentivo à leitura infantil, para o desenvolvimento dos futuros cidadãos e para a qualidade da formação, ganha ênfase na arrecadação deste ano, conforme comenta a presidente do CMEC da Associação Comercial de São Paulo, responsável pela organização da ação, Ana Cláudia Badra Cotait. “A leitura é fundamental na educação infantil, pois ela tem a capacidade de formar cidadãos mais conscientes e críticos”, destaca.

Todo o material arrecadado será encaminhado para as 15 distritais da ACSP e, estrategicamente, serão distribuídos em entidades assistenciais nestas regiões.  “Temos capilaridade de atuação em todos os pontos da capital, dessa forma, atenderemos o maior número de entidades sociais. Isso impacta diretamente na distribuição e, nossa ambição, é angariar um grande volume de livros infantis e brinquedos em boas condições”, explica Ana.

As doações podem ser realizadas diretamente nestes pontos de entrega: no prédio da ACSP no Centro de São Paulo (Rua Boa Vista, 51) ou nas 15 distritais de bairros da capital, até 11 de outubro, véspera do Dia da Criança – data que comemora os direitos das crianças e adolescentes e a conscientização das pessoas (os pais, em especial) sobre os cuidados necessários durante esta fase da vida.

“Mais que doar brinquedos e livros, o nosso propósito é provocar uma grande reflexão sobre o desenvolvimento dos jovens e o impacto na sociedade”, afirma Ana.

Empresas interessadas em doar material também estão convidadas a participar desta “corrente do bem”. “Queremos criar um engajamento em torno deste propósito, que é fomentar o hábito da cultura e da leitura infantil. Acreditamos que a transformação de um País começa pela educação”, ressalta a presidente do CMEC.
 
O Conselho
O Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC) da ACSP atua como um fórum de referência de estudos, debates e inspirações que promovem e incentivam, de forma estratégica e sustentável, a educação empreendedora entre as mulheres, além de desenvolver ações, campanhas e projetos sociais, culturais e de fomento da economia local nas diversas regiões da cidade de São Paulo.

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Clínica andreense Merak tem “lipoaspiração sem corte e sem dor”

Por Vivian Silva

Muitas pessoas sonham em perder aqueles quilinhos a mais, por meio de uma lipoaspiração, porém o custo elevado da cirurgia plástica, ou mesmo o medo de se submeter ao procedimento impedem a realização deste sonho. Porém, na clínica de estética Merak, em Santo André - que está sob nova direção, desde 1º de julho deste ano – a nova proprietária e esteticista, Valdirene Palhano, afirma que é possível fazer uma “lipo sem dor e sem corte”, por meio da criofrequência.

A criofrequência possibilita eliminar até um quilo e meio por sessão, segundo a proprietária da clínica Merak e esteticista, Valdirene Palhano | Foto: reprodução  

“A gente trabalha com a criofrequência, é um aparelho da Body Health, que é top no mercado e chega a reduzir, de um dia para o outro, um quilo a um quilo e meio”, afirma Valdirene. Ela destaca ainda que a técnica é a preferida de muitas celebridades, por não ser invasiva e melhorar também a flacidez, celulite e estimular a produção de colágeno.

O equipamento age basicamente de duas maneiras, uma das ponteiras que chega a 60 graus Celsius – sem causar dor – derrete as gorduras indesejadas, e a outra ponteira tem a capacidade de resfriar o local a -10 graus Celsius, assim, o choque término é o princípio da criofrequência, que tem capacidade para atingir até 2,5 centímetros de profundidade na pele. A técnica pode tratar diversas partes do corpo como, por exemplo, abdômen, parte interna da coxa, flancos, “papada” e braço.

Além da criofrequência, a clínica de estética Merak conta com diversos tratamentos faciais, corporais e massagens desportiva e relaxante, para atender as necessidades dos mais variados clientes.

Vale destacar que o atendimento na clínica – que conta com equipamentos de última geração - é unissex. Já o nome Merak significa, segundo Valdirene, “amor ao universo e o corpo a gente tem que amar, porque é o nosso templo”, afirma.

A clínica de estética Merak fica na Rua das Figueiras, 2.001, 3º andar, sala 31, no bairro Campestre. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, sábado, das 9h às 13h. Tel.: 3705-0100.

Especialista tira dúvidas sobre coloração de cabelo

Redação

Antes de pintar os cabelos, muitas pessoas têm dúvidas sobre, por exemplo, o que fazer no pré-tingimento, ou se é possível potencializar o efeito do produto. Com isso, o  hairstylist e embaixador da Bio Extratus, João Bosco, esclareceu essas e outras dúvidas sobre coloração. Confira.

 Quem utiliza a coloração tradicional, com mais amônia, deve ficar um ou dois dias sem lavar o cabelo, antes de tingi-lo, para potencializar a tintura, recomenda o hairstylist Jjoão Bosco | Foto: reprodução 

Deixar a coloração no cabelo por mais tempo possibilita que a cor fique mais intensa?
Joao Bosco (JB) - Não recomendo deixar mais tempo do que o indicado pela marca de coloração usada, pois pode variar entre 10 e 50 minutos, dependendo do resultado desejado. Além disso, os pigmentos podem aderir mais e dar a sensação de cor mais escura ou intensa. Outro detalhe é ficar atento ao tempo de pausa para não causar irritação no couro cabeludo.

Cabelos virgens são mais fáceis de tingir?
JB - Sim, os cabelos que nunca foram coloridos são mais fáceis, já que a tintura faz neutralização dos pigmentos naturais com facilidade.

O shampoo ideal auxilia na manutenção da coloração? Por quê?
JB - Tão importante quanto a qualidade da coloração utilizada, o shampoo e cremes de tratamento devem ser de boa qualidade e ter indicação para cabelo colorido, afinal, esses produtos não devem conter sal ou sulfatos.

A coloração sempre vai ressecar o cabelo?
JB - Uma coloração permanente precisa de uma quantidade maior de amônia, para entrar e fixar bem na fibra do cabelo. Isso pode deixar os fios levemente alterados dependendo da qualidade da tinta usada. Por isso, é sempre bom investir em coloração com tratamentos ‘inside’. Uma outra opção é apostar em uma coloração orgânica que utilize óleos vegetais ao invés da amônia – substância que preserva melhor a hidratação natural dos fios.

Pintar os cabelos sujos é realmente melhor?
JB - Para quem utiliza a coloração tradicional, com mais amônia, o ideal é deixar um ou dois dias sem lavar para potencializar a tintura. Já para quem usa tonalizante ou tintas orgânicas, o melhor é que os fios estejam limpos para facilitar a coloração.

Pílula anticoncepcional: um risco cardiovascular oculto

Redação

Usada por milhões de mulheres há décadas, a pílula anticoncepcional é o medicamento mais estudado no mundo. Quem toma, muitas vezes, nem imagina que haja contraindicação para o uso. A combinação dos hormônios estrógeno e progestágeno, embora em níveis mais baixos, causam efeitos colaterais sérios nas mulheres, ao aumentar os riscos de sofrerem doenças do coração e derrames cerebrais, em decorrência do endurecimento das artérias.

Mulheres cardiopatas, diabéticas, tabagistas, hipertensas ou obesas têm cinco vezes mais chances de sofrerem problemas cardíacos ao usarem a pílula | Foto: Freepik

Diversas pesquisas mostram que mulheres cardiopatas, hipertensas, tabagistas, diabéticas ou obesas, que consomem a pílula, possuem uma tendência maior a ter placas de gordura em suas artérias do que as que não tomam o medicamento. Com o uso a longo prazo, as taxas aumentam significativamente: de 20% a 30% por década de consumo. Isso ocorre porque o sangue entra em estado de hipercoagulabilidade, ou seja, fica mais espesso.

As complicações, no entanto, podem ser fatais, conforme comenta o cardiologista e clínico geral do HCor, Abrão Cury: "Os hormônios presentes nas pílulas anticoncepcionais favorecem a contração dos vasos sanguíneos e aceleram a formação de coágulos, comprometendo a circulação do sangue. Este é o típico quadro de arteriosclerose, que aumenta as chances do infarto ou derrame".

Para evitar os possíveis efeitos adversos, é importante procurar orientação de um profissional para que seja feita uma avaliação precisa da condição de saúde da paciente, para considerar possíveis fatores de risco e predisposição genética para algumas doenças.

"O problema é que, em mais de 90% dos casos, as mulheres não sabem que possuem propensão a desenvolver algumas doenças cardiovasculares. O médico precisa de um diagnóstico preciso, antes de prescrever o tipo correto de anticoncepcional, sem oferecer riscos à paciente", recomenda Cury.

Fatores de risco
Obesidade, tabagismo, pressão alta e diabetes são alguns dos principais fatores de risco que, associados ao uso de pílulas anticoncepcionais, aumentam as chances de AVC, infarto e trombose.

Tabagismo: as substâncias do cigarro afetam as funções do sistema vascular arterial, favorecendo o acúmulo de gordura e colesterol nos vasos. Já os hormônios presentes nas pílulas favorecem a coagulação do sangue, elevando – e muito - as chances de um AVC, infarto ou trombose.

Hipertensão: o coração das mulheres hipertensas, normalmente, fica hipertrofiados. Isso ocorre devido ao grande esforço para bombear o sangue nas artérias que, com o tempo, perdem sua elasticidade, favorecendo o seu entupimento e o seu rompimento, levando a um quadro de AVC.

Obesidade: o tecido adiposo em excesso produz mais de 15 substâncias que interferem no funcionamento do organismo como um todo, inclusive nos níveis hormonais.

Diabetes: o excesso de hormônio presente nas pílulas dificulta a ação da insulina – hormônio responsável pela absorção de açúcar no organismo. As consequências vão de uma magreza excessiva à arteriosclerose.

Alerta
Quem utiliza a pílula deve procure imediatamente um médico se:
Aparecer ou agravar a dor de cabeça com sinais neurológicos;
Tiver hemorragias;
Sentir dor abdominal de causa indeterminada;
Ocorrer alteração visual de aparecimento súbito;
Houver dor e sensação de penso nos membros inferiores.

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Conheça cinco doenças que apresentam sintomas na boca

Redação

Muitas vezes, problemas de saúde bucal levam as pessoas a procurarem pelo cirurgião-dentista. Mas, o que poucos sabem é que nessas consultas o profissional pode detectar sintomas de outras doenças. Dessa forma, as visitas regulares ao consultório odontológico podem ser aliadas na prevenção e no diagnóstico de problemas graves. Isso sem contar a importância para manutenção da saúde bucal.

As visitas regulares ao consultório odontológico podem ser aliadas na prevenção e no diagnóstico de problemas graves | Foto: iStockphoto

Confira a seguir uma lista elaborada pelo Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) com algumas doenças que podem ser diagnosticadas a partir de sintomas na boca.

Aids
O ressecamento nas extremidades da boca, aftas maiores, feridas de herpes labial (bolhas pequenas e doloridas), gengivas inflamadas, placas esbranquiçadas no interior da boca (candidíase oral) e infecções por fungos são alguns dos sinais clínicos da aids, explica o presidente da Câmara Técnica de Patologia Oral e Maxilofacial do CROSP, Fábio Coracin.  “As manifestações orais ocorrem em cerca de 80% dos pacientes afetados e ajudam a definir o estágio da doença”, explica.

Apesar de os sintomas bucais serem comuns em pacientes com HIV, nem sempre caracterizam a doença. Por isso, é imprescindível consultar um profissional da área, que indicará os procedimentos e exames pertinentes, para um diagnóstico correto.

Bulimia
Transtorno psicológico e alimentar marcado pela compulsão de comer, pelo uso abusivo de laxantes e pela indução de vômitos, ocasiona problemas bucais como erosão dentária, lábios ressecados, hipersensibilidade dentinária, fluxo salivar e aumenta a chance de cárie.

Quando esses problemas surgem, o cirurgião-dentista deve fazer uma investigação mais profunda e também consultar outros profissionais da área médica para orientar o paciente na busca de tratamento.
 
Cirrose hepática
Indícios na boca como alterações hemorrágicas, petéquias (manchas avermelhadas), hematomas e sangramento na gengiva, icterícia visível na mucosa (manchas amareladas) são indicativos clínicos da cirrose hepática. “A doença compromete o funcionamento do fígado e a falha na produção de coagulação”, detalha Coracin. 

Diabetes
Gengivite e periodontite (doenças periodontais), mau hálito, gosto ruim na boca e candidíase oral são problemas recorrentes em pacientes com diabetes, que não estão com a doença controlada.  Por isso, o paciente deve sempre estar atento aos sintomas bucais, pois eles podem indicar que os níveis de glicose precisam ser controlados.

Sífilis
Provocada por uma infecção bacteriana, a efemeridade se manifesta em três estágios: sífilis primária, secundária e terciária. No primeiro, o sintoma bucal mais frequente é o aparecimento de uma única úlcera, indolor. Manchas esbranquiçadas e lesões múltiplas na cavidade oral são recorrentes no segundo estágio. No último, considerado o mais grave da doença, é possível identificar perfurações e a destruição do tecido bucal. Consultar regularmente o cirurgião-dentista aumenta consideravelmente as chances de identificar a doença nos primeiros estágios, agilizando o tratamento.


Fatores psicológicos são decisivos na avaliação da saúde sexual

Redação

Sentimentos, emoções, desejos, ações e reações. Esses e outros fatores englobam o conceito de sexualidade que, ao contrário do que se entende no senso comum, é amplo e não deve ser associado apenas às relações sexuais. A questão é dinâmica, mutável e está presente em todas as fases da vida humana.

Questões morais e tabus sociais dificultam o diálogo a respeito da sexualidade | Foto: reprodução

Abordar questões como ejaculação precoce, ou prazer feminino ainda é um desafio, inclusive para alguns médicos quando não atuam em áreas diretamente relacionadas aos temas, com isso, a Associação Mundial para a Saúde Sexual (AMSS) instituiu o Dia Mundial da Saúde Sexual, celebrado no último dia 4, com o objetivo de conscientizar a população e promover debates diversos sobre o tema.

Questões morais e tabus sociais dificultam o diálogo a respeito da sexualidade, segundo a ginecologista Dulce Henriques, membro da plataforma Doctoralia.  "É necessário que tenhamos uma maior abertura e promoção de debates na sociedade. Os jovens precisam ser alertados sobre situações de abuso sexual e prevenção de doenças sexuais", comenta.

Assim, a esfera familiar é o primeiro ambiente de diálogo. "Q educação e orientação em casa são fundamentais, a fim de estabelecer desde a infância um diálogo esclarecedor e preventivo. Família, professores, educadores, todos devem estar preparados para o debate franco, aberto e inovador", avalia Dulce.

Para as mulheres, o assunto é ainda mais delicado uma vez que existem preconceitos e estereótipos atribuídos à liberdade sexual feminina que muitas vezes as inibem e afetam diretamente a busca pelo próprio prazer.

"Meninas não são estimuladas a pensar ou falar sobre sexo tão abertamente quanto os meninos e isso pode acarretar uma série de questões e travas psicológicas. A desinformação é um prato cheio para esquecermos de DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) como o HPV de alto risco, que é o responsável pela maioria dos casos de câncer de colo de útero", pontua a médica.

Segundo levantamento da Organização Mundial de Saúde, 1 milhão de pessoas contraem DSTs tratáveis por dia, isso equivale a 376 milhões de novos casos anuais de doenças como clamídia, gonorreia e sífilis, em todo o mundo.

Os estímulos excessivos sobre sexo, aos quais os homens são submetidos desde cedo, também não são saudáveis, aponta a psicóloga Melina Lopes Ferreira Brandão, também membro da plataforma Doctoralia:  "A pressão sobre o desempenho sexual masculino pode fazer com que eles se forcem a encarar situações não desejadas apenas com o intuito de se afirmarem perante o outro ou a si mesmo".

A disfunção erétil e a ejaculação precoce também são questões que perturbam os homens em todas as idades, e não falar sobre o assunto pode piorar o quadro, "estresse, ansiedade e depressão são fatores que contribuem para que, cada vez mais, a população jovem esteja sofrendo com esses problemas, nesses casos a psicoterapia pode ser uma grande aliada para solucioná-los, sendo um espaço confiável para que o homem possa expor seus sentimentos, pensamentos e principalmente sem julgamentos e cobranças", explica a especialista.

Debates servem para enriquecer e esclarecer nossas concepções sobre qualquer assunto. "Precisamos falar sobre sexualidade para romper tabus e estimular o autoconhecimento mental e físico, afinal, essa é uma parte essencial da vida, que não pode ser subestimada e muito menos ignorada", finaliza Melina.

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Casa Rossi promove partida beneficente de futsal em Santo André

Redação

Nesta sexta-feira (13), a partir das 19 horas, acontecerá na Vassoler Sport & Lazer (Rua Amambai, 500, Vila Cecilia Maria), em Santo André, a primeira partida beneficente de futebol de salão entre as equipes patrocinadas pela Casa Rossi, tradicional rede de varejo de materiais de construção do ABC.

Partida entre Casa Rossi x Skater Boys será nesta sexta-feira, às 191h | Foto: divulgação

O diferencial deste jogo é que uma das equipes em questão não tem nada relacionado ao mundo do futebol. Será a equipe de futebol de salão Casa Rossi, que leva o mesmo nome da patrocinadora, contra os meninos da Skater Boys, skatistas que construíram a SB Skate Plaza, pista de skate localizada no Jardim Las Vegas, em Santo André, apoiada desde sua construção pela Casa Rossi.

Para assistir ao jogo é necessário fazer a doação de 1 kg de alimento não perecível no dia e no local da partida. Os alimentos serão doados a entidade Casa de Timóteo, localizada em São Bernardo do Campo e que possui mais de 70 famílias cadastradas.

Jorge Aragão faz show em São Caetano do Sul neste domingo

Redação

O sambista Jorge Aragão se apresenta no Santo Graal, em São Caetano do Sul, neste domingo (15), às 17h. O compositor carioca, que já foi integrante do grupo Fundo de Quintal,  apresentará um repertório com diversos sucessos, que fazem parte de sua história de mais de 40 anos de carreira.

Sambista Jorge Aragão é ex-integrante do grupo Fundo de Quintal | Foto: Marcos Hermes 

No repertório do show, estão canções como “Vou Festejar”, “Coisinha do Pai” e “Enredo do meu samba”.

O Santo Graal fica na Avenida Presidente Kennedy, 1103, em São Caetano do Sul. Ingressos à venda no site Bilheteria Express.

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Especialista fala sobre terapia floral

Redação

A saúde física e psicológica pode ser cuidada também pela terapia floral. De acordo com a terapeuta floral, Luciane Cadan, este meio é um sistema de tratamento criado pelo médico inglês Edward Bach, que utiliza essências florais, como um veículo para modificar um estado emocional em desequilíbrio.

Existem 38 tipos de essências no total, que podem ser tomadas separadas ou juntas, conforme a necessidade de cada pessoa | Foto: reprodução

“São essências de flores, que colaboram no tratamento de desequilíbrios emocionais ou até mesmo físicos, podendo ser utilizados tanto para adultos como também para as crianças, sem contra indicações, justamente por serem naturais”, explica Luciane.

Ao todo, são 38 tipos de essências, que podem ser tomadas separadas ou juntas, depende apenas do resultado que deseja ser alcançado, atuando no físico, mental e emocional do paciente. “Já parou para pensar que muito do nosso corpo pode ser tratado de forma natural? Com certeza não podemos descartar o tratamento tradicional com medicamentos alopáticos, mas podemos equilibrar com os florais de forma coadjuvante e simples. As essências florais, quando acompanhadas de um trabalho terapêutico, trazem um extraordinário poder curativo”, afirma a especialista. 

Segundo a terapeuta, se escolhidos e tomados corretamente por tempo suficiente, têm um efeito profundo e duradouro. A terapia floral é indicada em casos de estresse, obesidade, insônia, agressividade, dispersão, depressão, insegurança, vícios em geral, preocupação, medo, tensão pré-menstrual, e diversas outras questões, que podem ser analisadas pelo terapeuta.

Já composição do floral é sempre de caráter individual. “Não existe um composto de essências padrão; cada pessoa terá sua própria combinação, para alcançar os resultados necessários de acordo com as queixas. São inúmeras combinações de fórmula com as essências Florais de Bach. Portanto, cada receita é única e exclusiva para cada indivíduo”, alerta Luciane.

A terapeuta afirma ainda que florais podem ajudar as pessoas a tomarem consciência das próprias qualidades e talentos, que poderiam estar adormecidos. Vale ressaltar que o ideal é ter um contato direto com o terapeuta, para que juntos, possam alinhar o melhor caminho a seguir.

Paço Municipal de Santo André tem evento ciclístico neste domingo

Redação

O Núcleo de Ciclismo da  Associação Comercial e Industrial de Santo André (Acisa) realizará a 4ª edição do Viva Bike, no Paço Municipal de Santo André (Praça IV Centenário, s/nº), neste domingo (15),  das 8h às 16h.

Evento promovido pelo Núcleo de Ciclismo da Acisa ocorre das 8h às 16h | Foto: divulgação 

Os visitantes poderão usufruir de diversas atividades, como pedalada de 10 km, circuito de obstáculos de bicicletas para crianças, promovido pela Quintal Bike Club, apoio técnico da Shimano para pequenos ajustes, food trucks, exposição e venda  de peças, acessórios, roupas e serviços.

De acordo com um dos membros do Núcleo de Ciclismo da Acisa, George Orlando, o público esperado é de 3 mil pessoas e na programação também constam homenagens a ciclistas da região.

O Viva Bike é o segundo grande evento do segmento neste ano. No último dia 25, foi realizado o Mega Pedal com 500 ciclistas, que saíram  do Parque Celso Daniel, em Santo André,  rumo ao Memorial da América Latina, em São Paulo, para participarem da 10ª edição da Shimano Fest, considerado o maior festival de bikes da América Latina.

Para finalizar o ano, entre os meses de outubro ou novembro, deverá acontecer uma capacitação técnica para lojistas e funcionários das empresas participantes do Núcleo de Ciclismo no Centro de Treinamento da Shimano, em São Paulo.

Inscrições para estudar na França começarão em novembro

Redação

Em novembro de 2019, começam as candidaturas para fazer uma graduação ou pós-graduação na França, que conta com um sistema online que facilita a inscrição de estudantes brasileiros, gerenciado pelo Campus France Brasil, agência oficial do governo francês para a promoção do ensino superior.

A França, segundo dados da Unesco, é o primeiro país não-anglófono e o quarto país do mundo que mais acolhe estudantes internacionais. O alto lugar no ranking mundial não é fruto do acaso. Ao longo de muitos anos, o país investiu em educação superior e implementou políticas públicas, que facilitam a ida de estudantes estrangeiros, que hoje representam 12% do total de estudantes e 42% dos doutorandos.

O Brasil, representado por mais de 5 mil pessoas, é o primeiro país latino-americano e o 15º do mundo com mais presença nas universidades francesas. Abaixo alguns motivos de quem escolheu estudar neste país europeu, segundo informações da agência Campus France Brasil.

Valorização do ensino e da pesquisa
A qualidade do sistema de ensino francês é garantida pelo governo, que subsidia de 65% a 95% dos custos reais de uma formação nas instituições públicas, entre elas, universidades, escolas especializadas e escolas de artes. O investimento faz com que a França tenha um dos sistemas de ensino superior mais acessíveis do mundo.

Assim como as instituições públicas, as escolas privadas, que oferecem cursos em áreas como artes, moda, gastronomia e engenharia, oferecem diplomas valorizados pelo mercado de trabalho europeu e figuram no topo dos rankings mundiais de melhores escolas.

Quando o assunto é pesquisa, a França está entre os líderes em investimento. São mais de 48 bilhões de euros investidos aplicados em pesquisa e desenvolvimento, o que corresponde a 2,2% do PIB. Os resultados são concretos: o Centre national de la recherche scientifique (CNRS) é a primeira instituição do mundo em publicações e número de patentes, a França é o segundo país com mais medalhas Fields e o quarto em impacto de publicações científicas.

Qualidade de vida
A qualidade de vida e o livre acesso às atividades culturais e patrimônios históricos são valorizadas. Destino turístico mais procurado do mundo, o país conta com mais de 500 festivais, 8 mil museus, 2 mil salas de cinema e 41 locais considerados patrimônios mundiais pela Unesco. Com acesso gratuito ou a preços reduzidos a todas as atividades, os estudantes internacionais aproveitam a sua estadia para desfrutar da efervescência cultural que caracteriza as cidades francesas.

Paris, além de ser a capital mais visitada do mundo, foi eleita por vários anos consecutivos como a melhor cidade para estudantes internacionais e é a quarta no ranking de cidades inteligentes, com destaque para os critérios de economia (8ª posição), capital humano (6ª posição), alcance internacional (3ª posição), tecnologia (15ª posição) e mobilidade urbana (4ª posição).

Benefícios e bolsas 
Além de contar com formações parcialmente subsidiadas pelo governo, os brasileiros ainda têm acesso a mais de 200 oportunidades de bolsas de estudos (as bolsas podem ser consultadas no catálogo). As bolsas são concedidas pelo governo francês, governos de regiões da França, pelo governo brasileiro, empresas e instituições de ensino.

Os benefícios oferecidos aos estudantes brasileiros são os mesmos dos estudantes franceses: auxílio-moradia, acesso a restaurantes e residências universitárias e inscrição gratuita no sistema de saúde, além de acesso a atividades esportivas, descontos em serviços e atividades culturais.

Futuro profissional
As relações bilaterais entre Brasil e França também pesam para quem busca um diploma estrangeiro para o currículo. A França foi o país que mais investiu no Brasil, no segundo trimestre de 2019, ultrapassando EUA, China, Japão e Itália.

O Brasil conta com mais de 850 empresas francesas em seu território, entre elas grandes multinacionais como GPA/Casino, Carrefour, Saint Gobain, Renault. Estas empresas somam mais de 500 mil empregos gerados, o que faz da França um dos países estrangeiros que mais gera empregos no Brasil.

O francês também é um diferencial para determinadas carreiras: é idioma oficial de organismos internacionais, 3º idioma para negócios e essencial para pesquisas acadêmicas, sobretudo na área das humanidades.

Candidaturas para universidades francesas
Os brasileiros interessados em estudar na França podem procurar o Campus France Brasil, que conta com cinco escritórios no país. Além de oferecer orientação gratuita e personalizada para diversos projetos de estudos, que vão desde a graduação até doutorado, a agência também gerencia uma plataforma unificada para candidaturas nos níveis da graduação e do mestrado.

O período de candidaturas acontece cerca de um ano antes do início do ano letivo, em setembro. Em novembro de 2019, serão abertas as chamadas para o ano letivo 2020/2021. Para obter mais detalhes sobre o processo acesse: www.brasil.campusfrance.org.
 


terça-feira, 10 de setembro de 2019

“Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio”: é preciso observar os sinais

Redação

Nesta terça-feira (10) é celebrado o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas as ações relacionadas à data estão em evidência ao longo de todo o mês, na campanha Setembro Amarelo. O suicídio é a segunda maior causa entre os jovens com idade entre 15 e 29 anos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). A média em todo mundo é que cerca de 800 mil pessoas tirem a própria vida por ano. Para reduzir estes números, é preciso ficar atendo aos sinais e comportamentos depressivos de pessoas próximas, para oferecer ajuda.

 Em geral, indivíduos impulsivos, agressivos e deprimidos têm maior risco de cometer suicídio | Foto: Freepik


A OMS tem como meta reduzir o número de suicídios em 10% até 2020. Para isso, é preciso adotar algumas práticas, conforme comenta o psiquiatra da Faculdade São Leopoldo Mandic, Celso Garcia Júnior.  "O mais relevante é focar na prevenção. O tema não tem que ser um tabu, é preciso diálogo e derrubar as barreiras ainda existentes para termos resultados mais positivos", afirma.

De acordo com o especialista, uma possível explicação para o aumento das taxas de suicídio entre os jovens é a relação impulsividade/agressividade. Em geral, indivíduos impulsivos, agressivos e deprimidos têm maior risco de suicídio. Nos jovens, essas características estão ainda mais presentes.

Há vários fatores de risco e antecedentes relevantes para o comportamento suicida. Entre eles: sexo masculino; adultos jovens (19 a 49 anos) e idosos; estados civis viúvo, divorciado e solteiro; desesperança, desamparo, impulsividade e agressividade; antecedente pessoal de tentativa de suicídio ou familiar de suicídio; falta de adesão ao tratamento das doenças psiquiátricas; ideação ou planejamento suicida; baixa tolerância a frustrações e adversidades; história de abuso físico ou sexual; perdas ou separações dos pais na infância; rede familiar e de apoio social instáveis; eventos traumáticos recentes, como perdas afetivas; acesso a métodos letais, como arma de fogo e substâncias venenosas.

As pessoas próximas devem estar atentas para os sinais e sintomas de depressão e mudanças de comportamento, como isolamento social, declínio no desempenho escolar e abuso de álcool e outras drogas.

"A postura mais importante é acolher, tentar conversar, deixar desabafar, sem medo de ouvir o que a pessoa que está sofrendo tem para dizer. Não é recomendado dar conselhos simplistas e descompromissados como, por exemplo, 'vai ficar tudo bem', 'todo mundo passa por isso', 'você precisa ser forte'. Às vezes, esse tipo de conselho pode fazer a pessoas se sentir ridicularizada", salienta Garcia Júnior.

A ajuda de um profissional de saúde habilitado, como um psicólogo ou um psiquiatra é fundamental. Além disso, cada vez mais, as unidades básicas de saúde e os centros de atenção psicossociais estão preparadas para acolher esse tipo de situação. Há também o Centro de Valorização da Vida (CVV) que atende 24 horas por dia pelo telefone 188. A ligação é gratuita e as conversas são sigilosas.

Tempo seco: sucos funcionais ajudam a manter o corpo hidratado

Redação

Com a baixa umidade do ar é comum ter dificuldade para respirar, ou sentir a pele, olhos, garganta e narinas ressecados, entre outros problemas.  De acordo com a nutricionista do Oba Hortifruti, Lívia Nogueira, além de ingerir bastante água, os sucos funcionais são também grandes aliados na hidratação.

"Além de ajudar na hidratação, o mix de ingredientes das bebidas funcionais ainda fornece um aporte extra de vitaminas e nutrientes”, destaca a nutricionista Lívia Nogueira | Foto: divulgação 

Para atravessar o período de seca e amenizar de forma saudável os efeitos negativos dessa estação, investir na hidratação constante é o principal conselho da profissional. "Beber bastante água é imprescindível. É uma orientação básica para todas as épocas do ano, mas, durante a seca, especificamente, esse cuidado deve ser redobrado", afirma a nutricionista.

Entretanto, além de água, sucos funcionais são bem-vindos. "Além de ajudar na hidratação, o mix de ingredientes das bebidas funcionais ainda fornece um aporte extra de vitaminas e nutrientes, sendo uma opção benéfica para garantir o bom funcionamento do corpo como um todo", explica Lívia.

Outra dica da nutricionista é complementar a alimentação com água de coco e chás, e  consumir frutas que possuem alto teor de água, como o melão,  melancia, laranja e o abacaxi, uma vez que esses alimentos também reforçam a hidratação e auxiliam a repor os sais minerais do organismo.


O que evitar durante esse período?
Para o dia a dia, segundo Lívia, é importante ter cuidado com bebidas diuréticas, como o café, alguns tipos de chás e bebidas alcoólicas, pois elas aumentam a perda de água do organismo.

Atenção também com a prática de exercícios físicos. "O ideal é optar por praticar esportes antes das 10h da manhã e após as 17h, evitando assim os horários mais quentes do dia. Beber água antes, durante e depois do exercício também é essencial para não prejudicar a saúde", orienta a nutricionista.

E, para quem quer apostar nas indicações da nutricionista, Lívia ensina três receitas simples de bebidas funcionais. Confira:

Suco verde detox
Ingredientes:
3 folhas de couve;
1 laranja;
1 pedacinho gengibre;
300 ml de água;
Adoçante a gosto;
Gelo a gosto.

Modo de preparo:
Descascar a laranja, cortá-la em pedaços e retirar as suas sementes; lavar as folhas de couve, mantendo os talos; colocar a laranja e as folhas de couve com os talos no liquidificador e adicionar o pedacinho de gengibre; bater e acrescentar o adoçante a gosto. Finalizar com o gelo a gosto e servir-se imediatamente.

Suco de melão com água de coco
Ingredientes:
200g de melão;
1 copo (200 ml) de água de coco;
Cubos de gelo (a gosto).

Modo de Preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador, coe e sirva em seguida.

Suco uva, abacaxi e maçã verde
Ingredientes
5 uvas verde;
1 fatia fina de abacaxi;
1/4 de maçã verde com casca;
1/2 kiwi;
Suco de 2 laranjas;
1 folha de couve bem picada;
1 raminho de hortelã;
Salsinha e gengibre, a gosto.

Modo de Preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador, coe e sirva em seguida.

Sociedade Cultural Ítalo-Brasileira de Santo André celebra 119 anos com eventos neste mês

Redação

Os 119 anos de fundação da Sociedade Cultural Ítalo-Brasileira de Santo André terá missa em ação de graças e jantar dançante, em comemoração a data. Em 18 de setembro, às 20h, o diácono Franco Chippari conduzirá o ato ecumênico, com a participação do coral e, em seguida, será servido um coquetel na própria entidade.

A Sociedade Cultural fica na Rua Airó, 69, na Vila Gilda, em Santo André | Foto: reprodução

Em 21 de setembro, às 20h30, o presidente da entidade Wilson Davanzo e sua esposa Pina recepcionarão os convidados para o tradicional jantar dançante, com animação da Banda Viva Itália e buffet assinado por Balderi Pasta & Arte.

Com 200 sócios ativos, a Sociedade Cultural Ítalo-Brasileira de Santo André tem como finalidade preservar na memória dos cidadãos a importância da colônia italiana, para o desenvolvimento da região do ABC, além de mostrar os desafios que os imigrantes enfrentaram quando chegaram à região.

Sempre muito ligada às suas origens, a Ítalo participou em 1997, do acordo de Gemellaggio (termo derivado de gêmeos), o que transformou Santo André em cidade-irmã de Sesto San Giovanni, uma cidade da Lombardia. Hoje, essas duas cidades, que têm várias características em comum, trocam suas experiências de forma mútua e construtiva.

A Sociedade Cultural Ítalo-Brasileira de Santo André está localizada na Rua Airó, 69, na Vila Gilda. O  convite para o jantar dançante pode ser reservado por meio do telefone (11)  4436 3707, das 8h às 13h.


"Semana da Acessibilidade Surda" ocorre neste mês

Redação

Entre 20 e 30 de setembro, em diferentes pontos da cidade de São Paulo, a 2ª edição da Semana de Acessibilidade Surda (SAS) evidenciará ainda mais a presença das pessoas com perda auditiva na sociedade, para mostrar que elas querem e podem sim conviver harmoniosamente com ouvintes. O evento visa promover a inclusão social dos surdos para conscientizar e mobilizar a população sobre a recorrência da surdez.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), são 500 milhões de surdos no mundo | Foto: Freepik

Quem vivencia na pele essa questão são os atores de "Malhação – Toda Forma de Amar", Christine Fernandes e Tato Gabus Mendes, que interpretam pais de uma menina surda. Os veteranos aceitaram ser padrinhos da 2ª edição da SAS que, pela primeira vez, também conta com embaixadores que são deficientes auditivos para ancorar as ações e sensibilizar ainda mais a população surda e ouvinte, são eles: o arquiteto e gestor cultural Alexandre Ohkawa; o arquiteto para acessibilidade Andrey Marcondes; o digital creator Gabriel Isaac; a artista e dragqueen Kitana Dreams; a comunicadora e escritora Lak Lobato; o artista, poeta e professor Leo Castilho; o professor e Youtuber Leo Viturinno; a jornalista e apresentadora de TV Millena Machado; a jogadora de vôlei profissional (atualmente competindo na Romênia) Natalia Martins; a modelo e miss mundo surda Thaisy Payo; o empresário e líder de inovação na indústria 4.0 Thierry Marcondes; os aposentados Maria Carolina Verri e Valdemir Patinho; e as crianças Walker Serafim e Yasmin Nogueira.

Além da participação de figuras de destaque citadas acima, o evento contará ainda com uma trinca de profissionais, chamada de "Trio da Empatia", composta por um intérprete de Libras, um médico otorrino e um fonoaudiólogo, que farão ações de conscientização acompanhados de uma pessoa surda. Juntos, eles abordarão clientes de forma acessível e respeitosa, falando mais articuladamente (no caso de clientes surdos oralizados) ou sinalizando em Libras (no caso de clientes surdos sinalizados).

 Os ouvintes, que nunca conviveram com surdos, terão a oportunidade de se relacionar naturalmente com o deficiente auditivo que acompanha o trio de profissionais. Os médicos irão orientar ouvintes sobre como evitar a perda auditiva, além de identificar a ausência da audição. As fonoaudiólogas estarão com um decibelímetro, aparelho que mensura o quão nocivo pode ser o som que sai do celular, e vão explicar como escolher o volume, o tipo de música e medir o tempo de exposição ao som.

De acordo com o último censo (2010) feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 5,1% dos entrevistados foram catalogados com perda auditiva, isto quer dizer que, mais de 12 milhões de brasileiros declararam ter dificuldade em ouvir. Apesar do método de pesquisa ter sido questionado por grande parte da comunidade surda, pela falta de perguntas que especificassem sobre as condições de deficiência, como o uso de aparelho auditivo e a comunicação por meio de Libras, o Censo aponta que 2 milhões de pessoas já estão com perda severa/profunda, ou seja escutam muito pouco ou não escutam absolutamente nada.

No mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) são 500 milhões de surdos e até 2.050 haverá pelo menos 1 bilhão de surdos no mundo. Não é à toa que a OMS colocou a surdez como um dos cinco pilares para se trabalhar mundialmente no século XXI. Entre as 345 ocorrências de saúde monitoradas pela OMS que mais impactam na qualidade de vida, de 10º em 2015 a perda auditiva passou para o 4º em 2019. A humanidade está mudando radicalmente seus hábitos individuais e se expondo mais a ruídos: fones de ouvido, viagens de avião, frequência em shows de música, descolamento em trânsito ruidoso com veículos compartilhados abertos (patinete, bicicleta, etc).

A "Semana de Acessibilidade Surda" conscientiza a sociedade ouvinte, ajuda a diminuir o preconceito contra os surdos que usam aparelho auditivo, que falam por Libras e que têm uma cultura própria e, ainda gera visibilidade para a questão do desemprego entre as pessoas com deficiência auditiva.

 Além disso, incentiva o aumento da oferta de emprego para indivíduos aptos ao trabalho no Brasil que têm a chamada "deficiência invisível". Por tudo isso, a SAS se conecta com quatro Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU: ODS 3 – Boa saúde e bem-estar, porque faz ações de conscientização da saúde auditiva; ODS 8 – Emprego digno e crescimento econômico, pois todos os profissionais surdos, sinalizados e oralizados, que atuam na SAA são remunerados; ODS 10 – Redução das desigualdades, porque chama a atenção para a acessibilidade e valoriza o trabalho especializado de intérpretes de Libras e de fonoaudiólogos; e ODS 17 – Parcerias em prol das metas. pois recebe apoio de médicos empresas, da prefeitura e do governo.

O diretor de Relações Institucionais da SAS, Claudio Tieghi, comenta a importância do evento. "Ao estabelecer um contato direto com a população surda, as empresas e os negócios passam a ter acesso a um mercado potencial ainda pouco explorado. Na estratégia da Semana de Acessibilidade, oferecemos workshops para o público interno e ainda disponibilizamos uma equipe multidisciplinar para que os colaboradores vivenciem a experiência do atendimento aos surdos no ponto de venda de forma agradável, quebrando as resistências e construindo bases para os futuros contatos. Com empatia, promovemos a inclusão que tanto as empresas almejam", finaliza.

*Agenda
Ações de conscientização

Sábado – 21/09
Das 14h às 18h – Memorial da América Latina;

Domingo – 22/09
Das 8h às 12h – Stand da Carshopperbr – Feirão de Carros do Anhembi;
Das 14h às 18h – Fiesp – Avenida Paulista (a confirmar);

Segunda – 23/09
Das 14h às 18h – Instituto Gustavo Rosa – Rua Veneza, 920;

Terça – 24/09
Das 8h às 12h – Clinica Odontologia Sorridents – aguardando definição de local;
Das 14h às 18h – Drywash – loja do Shopping Eldorado;

Quarta – 25/09
Das 10h às 14h – Le Postiche – loja do Shopping Center Norte;

Quinta – 26/09
Das 7h às 11h – Lanchonete Rei do Mate – Avenida Paulista, 2001;
Das 13h às 17h – Linhas Verde, Azul e Vermelha do Metrô – aguardando definição de estações;

Sexta – 27/09
Das 10h às 14h – Brechó Agora é Meu – Rua Martinico Prado, 372 (a confirmar);
Das 14h às 18h – Unibes Cultural – Rua Oscar Freire, 2500 (fechada para convidados da ABRASP);

Sábado – 28/09
Das 8h às 18h – Parque do Ibirapuera – Em frente a ponte de ferro;

Domingo – 29/09
Das 8h às 18h – Parque do Ibirapuera – Em frente a ponte de ferro.

Cultura acessível e inclusiva

Sábado – 21/09
Das 14h às 18h – Festival Acessível de musica e dança com artistas surdos + lançamento do novo álbum da cantora Luiza Caspari – Memorial da América Latina – 500 lugares, entrada por ordem de chegada;

Segunda – 23/09
Das 14h às 18h – Visita guiada com Libras ao Acervo do Instituto Gustavo Rosa para adultos e crianças + Atividade de desenho e pintura restrita à crianças (ouvintes e surdas) com participação confirmada de crianças que receberam implante coclear | Rua Veneza, 920 – 30 lugares, entrada por ordem de chegada;

Quarta – 25/09
Das 09h às 12h – Sessão de cinema inclusivo com filme cedido pela Paramount Films – aguardando definição de local – Fechada para alunos surdos do Instituo Severino Fabriani;

Sexta – 27/09
Das 8h às 12h – Visita a estúdio de Animação (a confirmar);

Das 14h às 18h – Sessão de poesia em Libras (a confirmar).

*Atividades podem sofrer alterações, sem prévio aviso. Para mais informações consulte o site oficial do evento.

Pilates proporciona diversos benefícios à saúde

*Por Vivian Silva

Atualmente, mais da metade da população brasileira (55,7%) tem excesso de peso, de acordo com os últimos dados da pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), de 2018, do Ministério da Saúde. Com isso, muitas pessoas sedentárias deixam de ir à academia, por exemplo, por se queixarem de dores nos joelhos – devido ao sobrepeso – ou problemas na coluna. Mas uma das alternativas para situações como essas é o pilates.

No Studio Slavic Pilates, em Santo André, as aulas têm duração de 1h, com quatro alunos, no máximo | Foto: divulgação 

De acordo com a professora de pilates Ana Paula Slavic, que é proprietária do Studio Slavic Pilates, em Santo André, muitos alunos a procuram por indicação médica. “A gente tem grande indicação médica, porque o pilates ajuda muito nos problemas de coluna, por exemplo, hérnia de disco, desvios posturais como a escolioses, pois com o fortalecimento da musculatura, a gente consegue minimizar as dores”, explica. 

Para praticar o pilates não há nenhuma contraindicação, desde crianças aos idosos podem se beneficiar da prática que, entre outras coisas, melhora a postura, alongamento e musculatura, com  queima calórica baixa.

Setembro Amarelo
Além da parte física, o pilates – assim como qualquer outra atividade física – é grande aliado na luta contra a depressão. “A gente tem uma técnica que trabalha a respiração, junto aos movimentos, e isso faz diminuir a ansiedade, o estresse e a pessoa ganha mais consciência corporal, começa a perceber mais o seu corpo e a si mesmo, então, melhora a autoestima”, comenta Ana Paula.

Novidades
No Studio Slavic Pilates, as aulas têm duração de 1h, com quatro alunos, no máximo. Neste mês, uma das novidades do local é o pilates kids, para crianças a partir de oito anos.  O estúdio conta com duas unidades em Santo André, no bairro Jardim (Avenida Dom Pedro II, 125, 5º andar) e na Vila Bastos (novo endereço, em breve). O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 20h, sábado, das 8h às 12h. Para mais informações ligue 98623-8407.



segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Evento em Santo André deve reunir cerca de 1,5 mil músicos

Redação

O Rock Beat Show ocorre em 21 de setembro em novo endereço. Diante da possibilidade de chuva nesta data, o evento foi transferido do São Paulo Expo, onde acontecerá a Music Show Exp, para o Ginásio Pedro Dell'Antônia, em Santo André, para garantir a sua realização. Na ocasião, mais de 1,5 mil músicos devem se reunir, pela primeira vez, na América Latina em um grande show gratuito, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade sobre a importância do ensino musical e da música na vida das pessoas.

Probabilidade de chuva, em 21 de setembro, foi o motivo da transferência do local do evento | Foto: divulgação 

A iniciativa é idealizada por Dino Verdade (Bateras Beat Music School) e Nando Guto (Scholl of Rock / BR). “Resolvemos mudar o Rock Beat Show para um local fechado para oferecer aos músicos melhor infraestrutura e conseguir realizar o show. Músicos e cantores de todas as idades e estilos e pessoas que curtem música estão convidados para participarem desse encontro que deverá ser o maior do mundo”, comenta Verdade, que também é fundador da Bateras Beat Music School, maior rede de escolas de música da América Latina.

A música escolhida para ser o clipe oficial do evento é Que País é Esse, do Legião Urbana, e os músicos também tocarão clássicos do rock e pop como You Shook Me All Night Long (AC/DC), Fogo (Capital Inicial), Get Lucky (Daft Punk), Up Town Funk  (Bruno Mars) e Good Times (Chic/Nile Rodgers).

Cada músico deverá levar seu próprio instrumento e o repertório já está disponibilizado online no  Cifra Club. No dia do evento a montagem será a partir das 10h, com a passagem de som oficial às 14h e início do show às 16h.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site Sympla. Os participantes do Rock Beat Show  ganharão os ingressos de sábado e domingo, para a Music Show Exp. Já o Ginásio Pedro Dell'Antônia fica na Rua São Pedro, 27, Vila América.

Especialista fala sobre ansiedade cardíaca

Redação

Nos dias atuais, em que o estresse faz parte da vida da maior parte das pessoas, é muito comum o desenvolvimento de transtornos e distúrbios de ansiedade. O problema, que é psicológico e deve ser acompanhado por especialistas, pode afetar a saúde física e provocar a chamada ansiedade cardíaca (AC), além de outros males.

"A ansiedade cardíaca pode ser caracterizada por sensações de mal-estar ou dores frequentes no peito, sem que haja uma alteração física ou uma doença que justifique os sintomas", explica coordenador de Cardiologia do Hospital Santa Catarina (SP), Diego Gaia | Foto: reprodução

De acordo com o coordenador de Cardiologia do Hospital Santa Catarina (SP), Diego Gaia, "a ansiedade cardíaca pode ser caracterizada por sensações de mal-estar ou dores frequentes no peito, sem que haja uma alteração física ou uma doença que justifique os sintomas. Essas sensações podem se agravar quando a pessoa começa a acreditar que tem um problema cardíaco, mesmo que não tenha, e desenvolve um medo muito grande", explica.

Com isso, o especialista explica que é importante que a pessoa que vai realizar exames, para investigar as dores ou o mal-estar, responda um questionário para avaliar o nível de ansiedade também. Muitas vezes, o paciente acaba desenvolvendo problemas cardíacos em razão de seu comprometimento psicológico. "Em cardiopatas pode acontecer de o problema ser potencializado por conta dessa ansiedade, o que é preocupante", destaca o especialista.

A ansiedade pode provocar uma série de sintomas no organismo, como aceleramento dos batimentos cardíacos, hipertensão arterial, diminuição do diâmetro dos vasos sanguíneos, obesidade e diabetes. Há riscos, ainda, de ocasionar tonturas por conta do aparecimento de arritmias.

"O mais importante é que as pessoas sempre procurem o médico quando sentirem qualquer mal-estar, mas não devem se autodiagnosticar, pois é justamente isso que pode agravar o quadro e provocar mais problemas", finaliza Gaia.

Metódica modéstia intelectual

*Por Léo Rosa de Andrade

Em geral, se temos nossas concepções confrontadas, tendemos a permanecer com o pensamento estabelecido. Raramente abrimos mão de uma opinião formada, não obstante a razoabilidade de argumentos contrários. A filosofia considera a argumentação uma ferramenta base de trabalho. Sócrates inventou o melhor método argumentativo, a maiêutica, que consiste em perguntar ao interlocutor, não em afirmar-lhe algo.
"Eu sugeriria, assim, que você desfrute de sua inteligência, mas indague seus saberes", orienta Andrade | Foto: divulgação

Multiplicando perguntas, Sócrates conduzia o interlocutor a determinadas respostas. Assim, como as conclusões restavam advindas do seu colocutor, o filósofo obtinha com mais facilidade adesão às suas proposições. Não obstante a eficácia do método, ou até mesmo por culpa dela, sobrou a Sócrates um pequeno incidente: ele foi condenado à morte sob a acusação de corromper a juventude e ofender os deuses com suas ideias.

Embora a persuasão seja necessária para o trânsito de juízos e para a própria vida em comum, persuadir não é tarefa fácil. Usualmente se supõe que pessoas menos inteligentes ou menos intelectualmente preparadas são menos suscetíveis. Não é assim; antes, pelo contrário: quem é inteligente e estruturou seus pensamentos no senso comum tende a usar a inteligência e a estrutura conceitual para mantê-los, esgrimindo falação com maestria.

Assinado por Tauriq Moosa publicou Os perigos de ser inteligente, que edito: conforme "recente texto de Jonah Lehrer no 'New Yorker', 'a inteligência parece piorar as coisas'. Isso se dá porque, como concluíram Richard West e seus colegas, ser mais inteligente não faz com que você seja melhor em transcender visões injustificadas e crenças ruins que naturalmente acabam fazendo parte da sua vida. Pessoa mais inteligentes são mais capazes de justificar a si mesmas e as suas inconsistências ou falhas óbvias, enquanto provavelmente censurariam interlocutores que exibissem tolices equivalentes. São as piores nesse aspecto, porque não conseguem reconhecer os seus condicionamentos e enganos graças a uma camada complexa e profunda de justificativas que contaram a si mesmas e que manobram com habilidade".

Mesmo quem é dado ao hábito da leitura muitas vezes repete esse mau hábito. Há quem resuma os estudos à confirmação do que já pensa; não se põe em xeque, submetendo a decifração da vida a uma rota de mão única. Talvez de feitios assim advenham as "bolhas": aglomerados odientos de favoráveis à mesma causa. Nesses casos, a defesa de posições extrapola em ataques já não a adversários de ideias, mas a inimigos ideológicos.

Enfim, gente inteligente convencida de sua correção e com aptidão de raciocínio, mais se munida de "certos" dados, argumenta melhor contra críticas, mesmo as adequadas. Inteligência, contudo, nem sempre abona certeza. Em muitos casos, ela só faz a pessoa ficar melhor no se haver por certa. Eu sugeriria, assim, que você desfrute de sua inteligência, mas indague seus saberes. Seja: que cultive uma metódica modéstia intelectual.

*Léo Rosa de Andrade é escritor, professor, psicólogo e jornalista.


Santo André tem corrida do Santander Track&Field em outubro

Redação

O Santander Track&Field Run Series, maior circuito de corridas de rua da América Latina, realiza uma nova prova em 6 de outubro, em Santo André. A prova - dividida em duas categorias: 5 quilômetros (km) e 10 km -  terá início no Shopping ABC (Av. Pereira Barreto, 42, Vila Gilda) e passará pelas ruas do entorno.

Os participantes receberão uma bolsa do evento e uma exclusiva camiseta Track&Field | Imagem: reprodução

Na ocasião, os participantes farão alongamento, às 6h30, e a largada está prevista para às 7h. Após a premiação, será a vez das crianças, que largam para a corrida kids às 8h40.

Há 16 anos acontece o circuito, que ganhou ainda mais abrangência, em 2018, com o novo acordo entre a TF Sports, empresa do grupo Track&Field, e o Banco Santander. A etapa Shopping ABC faz parte das, aproximadamente, 240 provas que acontecerão em diversas cidades do Brasil ao longo de três anos.

O coordenador de Marketing da TF Sports, Leonardo Artigas Abucham, comenta esta etapa no ABC. "Estamos muito contentes em levar para Santo André mais uma etapa da corrida. Iremos proporcionar uma estrutura diferenciada, um kit exclusivo com camiseta Track&Field e todo o conforto para que nossos atletas tenham a melhor experiência".

Para o Shopping ABC é importante estar dentro desse circuito de corrida, conforme comenta a gerente de Marketing do empreendimento, Flávia Tegão. "O nosso público é muito participativo e poder trazer um evento desse porte para o empreendimento é uma conquista", afirma.

 As inscrições para a etapa podem ser efetuadas pelo portal da TF Sports. Já a entrega do kit, composto por uma bolsa do evento e uma exclusiva camiseta Track&Field, acontece na loja Track&Field do Shopping ABC entre 3 e 5 de outubro, das 10h às 22h. Basta apresentar o voucher da corrida.

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Moacyr Franco faz show em Mauá no próximo mês

Redação

O cantor, ator, escritor, humorista e diretor Moacyr Franco se apresenta no Teatro Municipal de Mauá (Rua Gabriel Marques, 353, Centro), em 6 de outubro, às 19h. Neste show, ele mostra sua versatilidade para os fãs, que o acompanham nestes 60 anos de carreira, em duas horas de apresentação, com mais de 20 canções que embalaram e emocionam várias gerações.

Show do Moacyr Franco acontece em 6 de outubro, em Mauá |  Foto: divulgação

Nos shows, o artista ainda faz piadas e críticas bem-humoradas, em momentos de total descontração. Já o lado diretor comanda tudo com maestria fazendo com que participem deste grande espetáculo com muita intensidade.

Na programação estão sucessos como: "Coração sem Juízo", "Querida", "Milagre da Flecha", "Balada das Mãos", "Distante dos Olhos", "Cartas na Mesa", "Suave é a Noite", "Balada nº 7", "Eu Te Darei Bem Mais", Ainda Ontem Chorei de Saudade" e "Seu Amor Ainda é Tudo" (gravadas por várias duplas sertanejas, entre elas, João Mineiro & Marciano e Bruno & Marrone), e o hit que trouxe Moacyr Franco para perto do público Jovem, "Tudo Vira Bosta" (sucesso na voz de Rita Lee).

Parque Nacional da Serra da Canastra tem diversos atrativos

Redação

O Parque Nacional da Serra da Canastra, em Minas Gerais,  abriga a nascente do Rio São Francisco e a cachoeira Casca D'Anta. Por lá, outra cachoeira que merece destaque á a do Cerradão. Criado em 1972, o parque tem 200 mil hectares de área protegida, que abriga outros monumentos da história da região e grande biodiversidade de flora e fauna do Cerrado brasileiro.

Criado em 1972, o Parque Nacional da Serra da Canastra tem 200 mil hectares de área protegida | Foto: divulgação

Distante 325 quilômetros (km) de Belo Horizonte, aos pés da imponente Serra da Canastra, está São Roque de Minas, cidadezinha pacata de onde saem às estradas para os quatro acessos ao Parque Nacional da Serra da Canastra, atração mais importante da região.

Depois de 8 km de estrada de chão, em uma subida digna de 4x4, chega-se a Portaria 1 do Parque. A entrada dá acesso a 40 km de belas paisagens, com campos de delicadas flores do Cerrado típico brasileiro, onde vivem protegidas espécies como tamanduá-bandeira, lobo-guará e tatu-canastra, ameaçados de extinção.

Nascente do Rio São Francisco a joia rara do passeio
O Rio São Francisco é um dos principais do Brasil, atravessando cinco Estados com condições naturais muito diversas, além de fornecer energia pelas cinco usinas hidrelétricas. A sua nascente histórica fica dentro do Parque Nacional Serra da Canastra, a 1.200 metros (m) de altitude, visita indispensável para quem está na região.

Quando se trata de um rio com as dimensões do Velho Chico, definir sua nascente não é tarefa simples. Há tempos se considerava a legítima nascente a localizada na Canastra, mas após estudos, identificou-se que a nascente real e geográfica está localizada no município de Medeiros, também em Minas Gerais, a quase 60 km de São Roque. Assim, considera-se a do Parque a nascente histórica.
Localizada a 6 km da Portaria 1 do Parque Nacional, após uma subida que recomenda-se fazer com veículo 4x4, chega-se a uma placa indicativa na estrada. Dali, há uma trilha curtinha demarcada que leva até uma pedra indicando o lugar de nascimento do Velho Chico, águas que ainda terão quase 3 mil km até o mar. A mesma trilha de pedras até a nascente leva a uma estátua em homenagem a São Francisco.

Cachoeira Casca D´Anta
A Cachoeira Casca D'Anta é a primeira queda do Rio São Francisco, com 186 metros. Pela sua beleza e imponência, destacada no paredão de pedras, é a principal atração da região e pode ser vista de baixo ou pela parte de cima, ambos cenários dignos de cartão-postal.

A parte alta é acessada 20 km depois da Portaria 1 do Parque Nacional. A estrada de chão está em estado bem precário, por isso é aconselhável ir de veículos tracionados. Um cânion é formado pelo rio São Francisco para descer a serra, com uma sequência de cascatas e piscinas naturais, algumas acessíveis para banho. Um mirante com desnível de superior a 300 m apresenta a bela vista panorâmica da região, onde é possível ver parte da queda principal da Casca D'Anta e o imenso poço formado abaixo.

Outro ângulo para admirar a Cachoeira é pela parte baixa. Saindo de Vargem Bonita, são mais 22 km de boa estrada de chão até a Portaria 4 do Parque. No local há um receptivo com estacionamento. Após a entrada, é necessário caminhar cerca de 15 minutos, por meio da mata ciliar até um mirante. Para maior aproximação, cuidar com as pedras escorregadias pela constante umidade da cachoeira. Após contemplar a queda, é convidativo um banho refrescante nas suas águas cristalinas.


Reserva natural da Cachoeira do Cerradão
A Cachoeira do Cerradão é uma das mais altas da Serra da Canastra, com três lances totalizando 202 m de queda. A propriedade privada onde ela se localiza tem 60 hectares e foi transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural pelo Ibama, em agosto de 2001, segunda atração mais visitada da região.

Cachoeira do Capão Forro e Cachoeira da Mata
A Cachoeira do Capão Forro é uma das mais procuradas na Canastra, devido a sua proximidade de São Roque de Minas (apenas 4,5 km) e facilidade de acesso (via estrada à portaria 1 do Parque Nacional, que está em boas condições e com sinalização adequada), ideal para quem tem pouco tempo disponível na região.

Gruta do Tesouro
A Gruta do Tesouro está localizada em uma fazenda a 16 km de São Roque de Minas, próximo ao distrito de Sobradinho, possui nos salões bonitos espeleotemas, um rio subterrâneo e uma pequena cachoeira interna. A visitação à gruta demora cerca de 2h e é monitorada pela família proprietária da área.

Onde ficar
Uma boa opção para a sua hospedagem em São Roque de Minas é a Pousada Chapadão da Canastra. Considerado o mais completo empreendimento hoteleiro da região, oferece estrutura completa de serviços; apartamentos com frigobar, ar condicionado, televisão, restaurante onde é servido um delicioso café com iguarias da região. Ainda há novíssima área de lazer com piscinas adulto e infantil, sauna, toboágua e hidromassagem. Além disso, o Chapadão oferece todo o apoio logístico em carros 4x4 para os passeios pela região.

Onde comer
O Restaurante Velho Chico foi  inaugurado em julho de 2017. É comandado pelo casal de empresários Ricardo Aziz e sua esposa Elaine Silva. P Aziz, uma esteticista famosa que trocou sua profissão para empreender com a gastronomia. Ele deixou Belo Horizonte para se dedicar a gastronomia e viu em São Roque de Minas a qualidade que faltava para ter uma vida mais feliz. A estrutura do empreendimento foi pensada para ser um ambiente bonito e aconchegante, com cardápio variado e forte resgate da cultura local. 

Além deste local, o Cozinha Original, espaço com restaurante, mirante e área de camping na parte baixa do parque é outra opção. O local é comandado pela chef Joanne Ribas, que aposta na culinária de afeto, na qual o desafio é agradar a todos sem interpretação ou conceito, para fortalecer a gastronomia típica da fazenda.


Cardiologista comenta os sintomas de um infarto

Redação

O infarto do miocárdio, músculo do coração, atinge mais de 17,5 milhões de pessoas no mundo, por ano, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), e costuma ser relacionado a dor no peito. Essa dor, porém, não é a única a definir um infarto. Segundo o cardiologista do Hospital 9 de Julho, Marcelo Paiva, mulheres e idosos, por exemplo, podem não ter a dor torácica e serem acometidas pela doença da mesma forma.

Mulheres e idosos podem não ter a dor torácica e serem acometidos pelo infarto | Foto: reprodução

Então, o infarto acontece quando uma artéria que irriga o coração fica obstruída, leva à falta de circulação e à consequente morte das células do órgão. "O reconhecimento dos sintomas relacionados ao infarto é fundamental para o diagnóstico precoce e para o rápido início do tratamento para desobstruir a artéria entupida", destaca Paiva.

Abaixo o especialista listou os principais sintomas de infarto, que sinalizam que é hora de buscar avaliação médica:

Dor no peito
A dor no peito que realmente merece atenção é descrita como uma sensação de aperto do lado esquerdo do tórax, que pode irradiar para o queixo ou braço esquerdo. O cardiologista explica que, a sensação é de queimação e que pode ser confundida com sintomas de refluxo. Caso a dor persista por mais de 20 minutos e estiver associada ao suor frio, palidez e enjoo, deve-se procurar um médico.


Tontura 
Não é um sintoma comum, mas acontece em alguns casos pela baixa oxigenação no cérebro, ocasionada pelo batimento irregular do coração. Segundo Paiva, é um sintoma que deve ser avaliado em conjunto com outros problemas.

Palpitação 
É o sintoma da arritmia cardíaca, que pode acontecer durante um infarto. Para o cardiologista, esse sintoma costuma vir associado a fraquezas e dificuldades respiratórias.

Falta de ar 
O mesmo comprometimento dos pulmões que causa a tosse também pode causar aquela dificuldade para respirar, com a sensação de respiração encurtada e falta de ar.

É importante reforçar que nenhum sintoma deve ser avaliado de forma isolada. Uma tontura, por exemplo, pode estar associada a um caso de labirintite e não a um infarto.

Segundo Paiva, quem apresentar algum dos sintomas relacionados e tiver fatores de risco como hipertensão, diabetes, tabagismo ou histórico familiar, deve procurar um médico.

 "O tempo é o maior inimigo nestes casos, quanto mais rápido o paciente procurar atendimento, melhor será para definir e tratar o infarto", alerta Paiva. 

Além disso, é essencial se manter saudável, com a prática de exercícios físicos e uma alimentação equilibrada, para prevenir doenças cardiovasculares e ter mais qualidade de vida.

Atrium Shopping terá exposição de bonecos realistas

Redação

O Atrium Shopping, em Santo André, sediará a exposição gratuita Real Babies, de 13 de setembro a 15 de outubro, com 30 trabalhos da artista Érica Faria. Os bonecos ficarão em um espaço especialmente montado para simular um clima de ensaio fotográfico, no piso térreo.

Mostra gratuita fica em cartaz de 13 de setembro a 15 de outubro | Foto: divulgação 

Confeccionados segundo técnicas da arte reborn (termo em inglês que significa "renascido"), as peças simulam bebês e crianças de até 5 anos, com diferentes características físicas, colocados em berços, cestos, cadeirinhas de balanço,  incubadora, entre outros.

Érica iniciou sua carreira na arte reborn há três anos e, desde então, vem se aprimorando nas diversas técnicas na modalidade, inclusive o micro rooting, na qual cabelinhos são implantados um a um, preservando os característicos redemoinhos das cabeças dos bebês.

De acordo com a artista, 90% dos pedidos de encomendas são feitos para presentear crianças e o restante para atender adultos colecionadores. Com clientes em todo o Brasil, Érica já exportou suas criações também para Reino Unido, México, Estados Unidos, Itália e Canadá.

Às sextas, sábados e domingos, durante o horário de funcionamento do shopping, a exposição será aberta para visitação guiada pela artista e seus assistentes. O Atrium Shopping fica na Rua Giovanni Battista Pirelli, 155, em Santo André.

A história da Art Reborn
Esta arte surgiu durante a Segunda Guerra Mundial, a partir de mães que reformavam bonecas velhas, ou parcialmente destruídas, para presentear os filhos e amenizar a tristeza gerada pelo conflito. Com o final da guerra, os europeus aprimoraram as técnicas e a arte reborn começou a se espalhar pelo mundo, chegando aos Estados Unidos, que passou a ser o principal formador de artistas rebornistas.


Troca de prótese de silicone a cada dez anos é mito

Redação

Quando o assunto é cirurgia plástica, o Brasil está à frente do México e Japão, ocupando o segundo lugar do ranking mundial. A última pesquisa da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética (ISAPS) revela que são realizadas cerca de 220 mil mamoplastias de aumento (aumento de mama com implantes de silicone) por ano, no Brasil.  Porém, muitas mulheres ficam na dúvida, se precisarão substituir a prótese a cada dez anos.

Prótese deve ser trocada apenas se houver algum problema, ou por questões estéticas, devido as alterações no corpo da mulher | Foto: divulgação 

Segundo orientação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a prótese deve ser trocada apenas se houver algum problema, caso a mulher queira aumentar o tamanho, ou ainda se houver necessidade de remodelagem pela flacidez do peito, devido a amamentação ou pelo processo natural de envelhecimento.

O uso da prótese mamária está no topo da demanda. De acordo com a SBCP, apenas em 2016, esse procedimento representou 19% de todos os realizados no país, totalizando 288.597 cirurgias. Diante da crescente e da gama de opções de clínicas, é preciso se atentar à segurança, ressalta o diretor do Centro Nacional — Cirurgia Plástica, Arnaldo Korn.  "Não se pode pagar barato por um procedimento que também envolve a saúde", afirma o especialista.

As próteses de silicone são colocadas com a finalidade de proporcionar melhor contorno, firmeza e simetria ao corpo. Sua composição é uma cápsula externa e gel interno de silicone. O implante é colocado através de uma incisão nas partes mais fundas das mamas, ou ainda pelas axilas. Essa cirurgia pode durar de uma a duas horas e a internação é de 12 horas, com alta no mesmo dia.
Entre as diversas dúvidas que norteiam esse procedimento, duas delas são sobre o tipo de prótese que deve ser usada e local adequado. A resposta é simples: ficam abaixo da glândula mamária ou do músculo peitoral maior, e a escolha é feita em paralelo com a preferência do paciente, o formato das mamas, e, claro, a recomendação do cirurgião.

Quem pode fazer é outra dúvida que permeia o assunto. Há restrições para jovens? E quem tem problema de saúde? Ambos os casos exigem atenção especial. Em relação aos jovens, é possível que o desenvolvimento das mamas esteja em andamento e, nesse caso, a cirurgia só é autorizada quando estiver finalizado. Ela também não é indicada a quem tem problemas de saúde sem controle clínico ou com alterações que impeçam o procedimento.

Os cuidados pós-cirurgia e, principalmente, a necessidade de troca da prótese são questões que precisam sempre ser lembradas. Entre algumas das diversas recomendações, estão: dormir só de barriga para cima — após de seis semanas a posição pode mudar. Deve-se evitar exercícios como levantar os braços, pois esse simples movimento pode romper os pontos ou deslocar a prótese. No início deve-se não se expor ao sol e, posteriormente, passar protetor solar na cicatriz, conforme recomendação médica.

Já o valor da cirurgia de prótese de silicone varia de R$ 12 mil a R$ 18 mil, dependendo do procedimento e também das marcas e modelos de prótese. Korn aponta que um dos fatores que contribui para o aumento da procura pelo procedimento é a facilidade de pagamento. "Hoje, é possível parcelar a remuneração, como faz o Centro Nacional — Cirurgia Plástica, que funciona como uma assessoria administrativa, oferecendo crédito com condições especiais de pagamento", finaliza.

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Professora Maria Helena Neves ministra palestra sobre a gramática

Redação

O Centro de Pesquisa e Formação (CPF) do Sesc, em São Paulo, sedia em 19 de setembro, às 19h, a palestra “Estudar gramática não é sair do texto “, que será ministrado pela professora Maria Helena Moura Neves, que abordará como é possível conduzir o estudo da língua portuguesa (especialmente da gramática) com foco na língua em função, ou seja, diretamente nos textos reais (falados e escritos).

Palestra será ministrada em 19 de setembro no Centro de Pesquisa e Formação (CPF) do Sesc | Foto: reprodução 

As crianças já entram na escola como falantes da língua, mas têm de "apropriar-se" dela cada vez mais eficientemente, conseguindo apreender os processos que constituem os enunciados. Assim, não é com peças soltas da linguagem que as atividades escolares poderão desenvolver-se com reflexão e compreensão dos fatos.

Maria Helena é professora Emérita pela Unesp, doutora em Letras Clássicas (Usp) e livre-docente em Língua Portuguesa (Unesp); pesquisadora nível 1A no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Atua na pós-graduação da UPM e da Unesp Araraquara. É autora, entre muitos outros livros, de duas gramáticas do português e coautora de cinco dicionários (quatro de português e um grego-português).

CPF Sesc
Inaugurado em agosto de 2012, o Centro de Pesquisa e Formação (CPF) do Sesc é uma unidade do Sesc São Paulo voltada para a produção de conhecimento, formação e difusão e tem o objetivo de estimular ações e desenvolver estudos nos campos cultural e socioeducativo.  O CPF Sesc fica na Rua Dr. Plínio Barreto, 285, 4º andar. Tel.: 3254-5600. 

Palestra tem como tema os 500 anos da morte de Leonardo da Vinci

Redação

Na próxima terça-feira (10), às 19h30, o Spazio Italiano, em Santo André, sedia palestra com o professor Giovanni Bagnoli, da Escola Panamericana de Arte e do Singular Anglo, sobre os últimos anos de vida de Leonardo Da Vinci (1492 a 1519). 

Palestra será ministrada pelo professor Giovanni Bagnoli | Foto: divulgação

O evento faz parte da homenagem aos 500 anos da morte do grande artista, considerado o gênio do Renascimento Italiano.

A palestra é organizado pela escola de idiomas Spazio Italiano, em parceria com a Sociedade Cultural Ítalo-Brasileira. A inscrição é 1 kg de alimento não perecível ou R$ 10,00, que serão revertidos para a Federação das Entidades Assistenciais de Santo André (Feasa), que assessora uma rede de mais de 50 entidades assistenciais federadas na cidade de Santo André.

 Interessados devem se inscrever na secretaria do Spazio Italiano, localizada na Rua Airó, 69, na Vila Gilda, em Santo André, ou pelos telefones (11)  4427-6500 / 98536-3893.

Setembro Vermelho: alerta para os perigos das doenças cardíacas em cães

Redação Com o objetivo de informar os tutores e médicos veterinários sobre os sintomas, métodos de prevenção e tratamento das doenças card...