segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Livro “Pequenas Felicidades Trans” traz a história da ilustradora Alice Pereira

Redação

Quadrinista e ilustradora, Alice Pereira é autora de “Pequenas Felicidades Trans”, projeto autobiográfico que transporta para os quadrinhos a vida de uma mulher trans, em especial o processo de transição vivenciado pela artista.  O projeto, que começou nas redes sociais, foi lançado em 2019, por meio de financiamento coletivo, ultrapassando a meta inicial.

Diário foi transformado em livro por Alice Pereira | Imagem: reprodução

O livro surgiu a partir de um diário, que Alice transformou em quadrinhos pensando no público cis (quem não é transgênero). “Eu estava numa fase em que as pessoas estavam me conhecendo, eu já tinha me revelado para quase todo mundo, mas me faziam sempre as mesmas perguntas” conta Alice, que se surpreendeu com a aceitação do público cis. “Foi legal ter essa repercussão muito grande com as pessoas trans, que passaram a se identificar. Eu não imaginava que ia gerar tanta identificação”, destaca.

Apesar de todos os avanços, transgêneros e transexuais ainda são uma população muito marginalizada, dificilmente convidados a escrever, roteirizar ou até mesmo atuar em obras com a sua própria temática.

“Como resultado, geralmente pessoas não trans contam as histórias de pessoas trans. Com isso estas obras acabam sempre repletas de clichês e visões estereotipadas, distante da realidade e das vivências desta população”, explica Alice.

“Pequenas Felicidades Trans” é um relato pessoal, escrito e desenhado com delicadeza e simplicidade, buscando despertar o entendimento e a empatia do leitor em relação a uma vivência trans. Com esse entendimento, a quadrinista priorizou uma concepção visual geométrica e calcada na simplicidade do traço, utilizando elementos básicos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nutricionista fala sobre a importância da vitamina C e alerta sobre a suplementação

Redação Muitas pessoas consomem a vitamina C na prevenção de gripes e resfriados. Mas segundo a nutricionista Juliana Vieira, estudos comp...