quinta-feira, 9 de maio de 2019

Hipotireoidismo não tratado na gravidez traz sequelas irreversíveis ao bebê

Redação

O desenvolvimento dos órgãos, que ocorre nas primeiras 12 semanas de gestação, depende dos hormônios da tireoide que vêm da mãe, já que o feto ainda não é capaz de produzir seu próprio hormônio. Assim, o Dia Internacional da Tireoide, em 25 de maio, alerta para os cuidados com a saúde, principalmente, das gestantes, conforme alerta o endocrinologista José Augusto Sgarbi, membro da comissão científica do 13° Congresso Paulista de Endocrinologia e Metabologia (COPEM), que ocorrerá de 16 a 18 de maio, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

As mulheres que já apresentavam o hipotireoidismo, antes da gestação, devem consultar o endocrinologista, para adequar a dosagem de hormônio necessária durante a gravidez | Foto: Freepik

“Quando o bebê não tem o aporte necessário dos hormônios tireoidianos nesse período, as consequências para a saúde dele podem ser irreversíveis como alterações da cognição, diminuição do quociente de inteligência, defeitos da fala e até retardo mental”, ressalta Sgarbi.

Até 6% das gestantes apresentam hipotireoidismo. Portanto ao planejar a gravidez, deve ser feito o exame da tireoide, que consiste na dosagem do hormônio TSH. A mulher pode não ter hipotireoidismo fora da gestação, mas apresentá-la durante a gravidez, pois a tireoide pode não conseguir produzir todo hormônio necessário à mãe e ao bebê. O tratamento é feito com administração do hormônio da tireoide, sem complicações para mamãe e feto.

Então, as mulheres que já apresentavam o hipotireoidismo, antes da gestação, devem consultar o endocrinologista, para adequar a dosagem de hormônio necessária durante a gravidez, que em geral será aumentada.

O hipotireoidismo é uma doença causada pela diminuição, ou falta do hormônio da tireoide no organismo. Os hormônios T3 e T4 da tireoide agem em todos os órgãos do nosso corpo, fazendo-os trabalhar no mesmo ritmo. Entre os sintomas mais comuns pela diminuição ou falta desses hormônios estão: desânimo, cansaço, tendência à depressão, cabelos ficam ressecados e caem, pele fica seca, unha fraca e quebradiça, há ganho de peso sem aumento de ingestão de alimentos, diminuição da concentração, prejuízo da memória e intestino preso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Professor Luciano Salamacha fala sobre vaidade

Redação A palavra vaidade originária do latim significa oco, vazio. No dicionário quer dizer valorização que se atribui a própria aparênci...