segunda-feira, 27 de maio de 2019

Ricardo Bellino lança livro sobre “anticoitadismo”

Redação

No livro Ningém é f#dido por acaso, o empresário carioca Ricardo Bellino  ensina estratégias para sair da mediocridade (ou do buraco). Irreverente e desbocado, o empreendedor utiliza episódios pessoais como exemplos do poder que a troca de uma simples letra pode ter na vida das pessoas.

O livro traz um "fudidômetro", teste para que a pessoa possa olhar para si mesma, identificar suas atitudes e entender em que nível está | Imagem: divulgação

"Para mim, fudido e fodido não são a mesma coisa. Ser fodido é ser foda! É algo irado, poderoso! Já fudido é completamente o contrário. Não tem nenhum significado fodástico", explica Bellino.

O autor defende que existe um método e um processo para deixar de lado atitudes de fracasso e assumir o controle da vida, tornando-se o agente das próprias mudanças. E é justamente neste ponto que o autor pretende contribuir. "A partir das minhas experiências e treinamentos, vou mostrar como estruturar esse pensamento", garante.

Para ele, o primeiro passo para deixar de ser um fudido para se tornar um fodido é a autoavaliação. E para auxiliar nesse processo, o livro traz um "fudidômetro" – um teste para que a pessoa possa olhar para si mesma, identificar suas atitudes e entender em que nível está. Dessa forma, a partir do resultado,  pode-se adotar uma nova postura diante dos fatos e iniciar a transformação pessoal.O teste também está disponível aqui na versão online. 

Com prefácio de Janguiê Diniz, mestre e doutor em Direito e empreendedor, o livro já está disponível nas principais livrarias e lojas virtuais do país.


Um pouco da trajetória do autor
 Bellino, aos 21 anos, pensou em trazer a mega agência de modelos americana Elite Models para o Brasil, sem falar inglês, nem ter um tostão no bolso. O empreendedor  apostou nessa ideia mirabolante, abandonou a faculdade de economia, mudou-se para São Paulo e teve muito sucesso, a ponto de se tornar amigo pessoal e uma espécie de filho adotivo de John Casablancas - dono da Elite.

Trouxe também para ao País a campanha das camisetas do câncer de mama, colocando o famoso símbolo do alvo no peito de milhões de brasileiras. Aos 38 anos, o empresário encarou o seu maior desafio, vender uma ideia ao bilionário americano Donald Trump em uma reunião que deveria durar apenas três minutos. Além de Ningém é f#dido por acaso, ele é autor dos livros:  O Poder das Ideias, Sopa de Pedra, 3 Minutos para o Sucesso, Midas e Sadim e Escola da Vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Setembro Vermelho: alerta para os perigos das doenças cardíacas em cães

Redação Com o objetivo de informar os tutores e médicos veterinários sobre os sintomas, métodos de prevenção e tratamento das doenças card...