quarta-feira, 8 de maio de 2019

Os benefícios dos iogurtes vegetais

A procura por alimentos mais saudáveis e que substituem os de origem animal têm sido cada vez maior. Entre os alimentos mais consumidos quando falamos de alimentação de origem animal estão o leite e seus derivados. Felizmente, o mercado vegano para esses produtos também está crescendo e é possível achá-los com facilidade. A qualidade dos nutrientes presentes em iogurtes vegetais é muito grande, confira abaixo os detalhes. 

O mercado vegano para iogurtes vegetais está crescendo e é possível achá-los com facilidade | Foto: divulgação

Os iogurtes Vida Veg, por exemplo, tem como base em sua composição, o coco, amêndoa e soja. Cada um deles tem características específicas carregados de nutrientes que só fazem bem ao nosso corpo, prezando pelo uso de ingredientes naturais, saudáveis e agradáveis ao paladar.

Iogurte vegetal de coco
Rico em vitaminas (c, b, a) e minerais (sódio, potássio, cálcio, manganês, magnésio, fósforo, cobre e ferro).
Aumento dos níveis do considerado “bom colesterol” (HDL) e redução do “mau colesterol” (LDL), auxiliando assim na prevenção de doenças cardiovasculares.
Exerce função antioxidante prevenindo contra a ação dos radicais livres.
Possui ação diurética, evitando retenção de líquidos e inchaço.
Fonte de energia rápida. Importante na dieta de praticantes de atividade física, pois a polpa concentra um aporte maior de potássio (principal mineral perdido no suor) que participa da contração e relaxamento dos músculos.

Iogurte vegetal de amêndoa
Aumento dos níveis do considerado “bom colesterol” (HDL) e redução do “mau colesterol” (LDL), auxiliando assim na prevenção de doenças cardiovasculares.
Alto teor de antioxidantes, Vitamina E e B2.
Boa quantidade de magnésio e potássio.
 
Iogurte vegetal de soja
Rico em proteínas e boa fonte de minerais (cálcio, magnésio, zinco, potássio e fósforo).
Ajuda a elevar os níveis do “bom colesterol” (HDL) e a reduzir o “mau colesterol” (LDL), atuando na prevenção de doenças cardiovasculares.
Possui isoflavonas, substâncias que ajudam a atenuar os efeitos da menopausa nas mulheres.
Ajuda a fortalecer os ossos e aumentar a densidade óssea.
Rico em ômega-3 e ômega-6.
A soja é fermentada e não transgênica, forma indicada para o consumo. Para se obter a matéria-prima, a soja é submetida a um tratamento térmico adequado para inativação dos fatores antinutricionais e microbiológicos, tornando-se um ingrediente funcional, de alto valor nutritivos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Professor Luciano Salamacha fala sobre vaidade

Redação A palavra vaidade originária do latim significa oco, vazio. No dicionário quer dizer valorização que se atribui a própria aparênci...